Novidades sobre o “Esquecido” – Acabado de Escrever

Publicado em

Diogo Simões

Bom dia, a todos! Como estão?

CapturarcapaPois bem, foi em Agosto do passado ano que iniciei este projeto, o Esquecido, e que há muito guardava na minha cabeça… E foi ontem, um ano depois, é com uma enorme felicidade que o “termino”. É difícil de explicar o turbilhão de sentimentos que estou a sentir, mas sem dúvida que o principal é o de gratidão. De gratidão pelos meus leitores, familiares e amigos que me ajudaram e ajudam. Agora ainda há trabalho a fazer, e sei que com eles posso contar…

Mal posso esperar para vos falar mais sobre ele. Para vos dar umas curiosidades bem engraçadas. Enfim… Mal posso esperar para que o possam ler!

Enquanto isso, O Bater do Coração está à venda em qualquer livraria, incluindo as suas lojas online ( Chiado Editora, Wook,BertrandFnac ). O Brasil não está esquecido! Podes comprar também pelo site da…

View original post mais 26 palavras

Novidades sobre “Esquecido”

Publicado em

Diogo Simões

Olá a todos!😀

CapturarJá passa muito desta a última vez que vos dei novidades… Mas, tendo em conta algumas mensagens e visitas que tenho recebido na página “Leitores-Beta” , venho dar-vos algumas notícias. :)
A primeira delas é que já estou na reta final da escrita do “Esquecido” (meu quarto livro), e se tudo correr bem, o segundo a ser publicado. Se me perguntarem a data, não a poderei dar porque é algo que não sei. Estou a trabalhar na história com a calma e o entusiasmo necessário para que saia tal e qual como a imaginei. Depois, quando acabar de a escrever e a minha leitura sobre o manuscrito for terminada, darei a oportunidade de alguns leitores o poderem ler e dar a sua opinião… Confusos? Então visitem a página dos Leitores-Beta.

Acreditem que mal posso esperar para vos dar a conhecer as personagens que dão vida…

View original post mais 48 palavras

“Nem é muito mau dormir no chão.”

Publicado em

Diogo Simões

tumblr_mdn4u2AX3l1rbll7mo1_500“Queria desesperadamente continuar e envolver-me com ela daquela maneira, mas tinha de ouvir a voz da razão.
Mas não fora preciso.
Ela afastou-me primeiro.
Nunca me sentira tão envergonhado em toda a minha vida.
– Desculpa-me. – Disse-lhe. – Não sei o que me passou pela cabeça. É melhor eu dormir no chão – não o queria fazer, preferia mil vezes ficar ali com ela, mas tinha de me castigar pelo que fizera. Fazia isto por ela. Não a queria magoar.
– Chris… – A voz dela era uma mistura de desespero e de confusão. Desculpei-me como pude.
Tal como eu, ela estava envergonhada e o seu olhar exigia que não a abandonasse, mas não consegui…
Ela ainda tentou sorrir…
– Até amanhã. – Foi a única coisa que fui capaz de pronunciar.
Voltei a sentir o chão de madeira nas minhas costas.
Nem é muito mau dormir no…

View original post mais 127 palavras

Novidades em Dia

Publicado em

Diogo Simões

Olá a todos!

Como estão?

Pois bem, sei que não tenho vindo aqui contar-vos muitas coisas, mas vamos lá pôr a conversa em dia…😀

Em primeiro lugar, parte desta minha ausência está o fim do primeiro ano da universidade juntamente com os trabalhos e frequências. Com essas semanas atarefadas do final do mês de maio e início de junho, um antigo problema meu apareceu. Adivinham qual? Pois bem, as tendinites.

Isso obrigou-me a parar por um bocadinho a escrita, não me sentindo capaz de escrever por longos períodos de tempo. Contudo, isso não me impediu de vos ter dado a pequena história Chuva Quente

capaAgora tenho escrito com mais calma e já retomei a escrita do Esquecido em que fiz duas grandes mudanças à história principal. Estou mesmo ansioso por vos mostrar a história final. Uivares 1Se me perguntarem quando saí, é algo que não sei… Contudo, espero ter…

View original post mais 292 palavras

“e isso é o mais importante.”

Publicado em

Diogo Simões

quarto“- (…) Tu dás valor às pessoas que mais amas, e isso é o mais importante.
Parei de falar.
Soltei-a dos meus braços e ficámos de novo separados mas sem nunca desviar o olhar.
– E é por isso que me sinto atraído por ti.
O meu coração começara a saltar como nunca e a minha temperatura subiu, sentindo que tinha, de certo modo, libertado toda a tensão criada nestes dois dias… Perdurou até baixar a cabeça quebrando o nosso elo do olhar.
Eu era um parvo e um imbecil!
Era só isso.”

– O Bater do Coração, já nas livrarias

Desktop3

View original post

Será que…?

Publicado em

O livro perfeito para o verão🙂

Diogo Simões

tumblr_m4xtvwDZTE1qloci5o1_500“Será que ele já tinha perdido alguém? Será que tinha sido demasiado fria e orgulhosa a ponto de deixar de ter sentimentos…
Suspirei.
Na verdade… e sabia reconhecer, parecia que já não acreditava em nada e apenas confiava nas personagens dos livros: elas mentiam, mas nós sabíamos, elas podiam desiludir, mas o leitor sabia sempre as razões… Mas não era este o caso. Eu não conhecia nem a personagem nem a história de vida.
– Não deveria ter julgado! – Expressei, para mim, acabando por admitir em voz alta.”

– O Bater do Coração, nas livrarias (e Brasil)

Diogo Simões​ | O Bater do Coração

cropped-desktop3.jpg

View original post

Algumas coisas sobre fotografia (píxeis, f, ISO, …)

Publicado em

Boa tarde,

Ao tempo que cá não vinha falar com vocês, mas desta vez venho falar de algo que gosto bastante: fotografia. E, é mesmo neste campo que penso em remodelar o blog para algo mais visual, abandonado em parte o modelo de texto… mas logo veremos eheh

Como tenho ainda bastantes pessoas que me perguntam com que máquina tiro fotografias ou para explicar alguns conceitos, decidi portar de uma das minhas páginas do Facebook, um post que fiz no passado mês de setembro de 2014.

Tanto na minha página do Flickr, como Instagram, encontram fotos tiradas tanto com o Sony Xperia Z2, como a lente QX10, igualmente da Sony. É dela que vos vou falar hoje:

Vou apresentar-vos a lente QX10 e, com isso, ajudar no campo da fotografia a quem não percebe alguns dos temos, tendo por base o que encontrei nos sites da fabricante e no mundo da fotografia.

Sensor
TIPO DE SENSOR
Sensor CMOS Exmor R® de tipo 1/2,3″ (7,76 mm)
PÍXEIS EFETIVOS
18,2 MP

Lente
TIPO DE LENTE
Lente G da Sony
NÚMERO F
F3,3 (GA) – 5,9 (T)
DISTÂNCIA FOCAL
f=4,45-44,5 mm
ISO
3200

Zoom
ZOOM ÓTICO
10x

Estabilização de imagem
STEADYSHOT
Sistema óptico
focagem
MODO DE FOCAGEM
AF único, AF por toque
ALCANCE DA FOCAGEM
5 cm – infinito (GA), 1,5 m – infinito (T)
MODO DE MEDIÇÃO DA LUZ
Multipadrão
Gravação
RESOLUÇÃO DE IMAGEM FIXA
Modo 4:3: 18 MP (4896 x 3672)/5 MP (2592 x 1944)/Modo 16:9: 13 M (4896 x 2752)/2 M (1920 x 1080)

Captação
PROCESSADOR DE IMAGEM
BIONZ™
MODO DE CAPTAÇÃO
Superior Auto, iAuto, Programa automático, Modo de filme

O que são os tão falados píxeis?
Um pixel é o menor ponto que forma uma imagem digital, sendo que o conjunto de milhares de píxeis formam a imagem inteira.
O Megapixel designa um valor equivalente a um milhão de pixels/píxeis. É utilizado nas câmaras digitais para determinar o grau de resolução, ou definição de uma imagem. Uma resolução de 1,3 megapixels significa que existem aproximadamente 1.300.000 pixels na imagem, o que corresponde a nada além da multiplicação da largura pela altura da imagem.

“Grande sensor de imagem CMOS Exmor R® de 18 MP
O grande sensor CMOS Exmor R® de 18 MP capta imagens de alta definição. A tecnologia de retroiluminação permite que a lente utilize a luz da imagem de forma mais eficaz, com aproximadamente o dobro da sensibilidade e metade do ruído de outros sensores, o que resulta em belas imagens com pouca luz e com detalhes incríveis, suaves e nítidos.”

O que é o número F?

O número f é a abertura, quanto mais aberta estiver, maior é a “quantidade” de luz que entra na máquina.

Ou seja: Quanto maior a abertura → mais luz entra → menos tempo de exposição que é necessário para que a foto fique bem exposta → menor a probabilidade da foto ficar tremida.

Quanto menor a abertura → menos luz entra → mais tempo de exposição é preciso para que a foto fique bem exposta → mais facilmente a foto fica tremida.

ISO
O ISO mede a sensibilidade do sensor da luz da câmara fotográfica. Aqui a ideia é a mesma, quanto menor o ISO, menor a sensibilidade da câmara à luz, obtendo um grão da imagem mais fino.
É usado um ISO muito elevado quando existe pouca luminosidade, fazendo com que o obturador funcione a velocidades mais elevadas (ótimo em desportos de interior). Porém o ISO tem um custo, e a verdade é que se for demasiado elevado, dependendo da câmara fotográfica, maior o ruído (os píxeis da imagem ficam cada vez maiores, e em vez de se ver uma imagem começam a ver-se os pontos que constroem uma imagem).”
Sabe mais aqui

Lente G da Sony com zoom ótico de 10x
“Com uma gama de focagem de 25-250 mm, esta lente G da Sony permite aproximar-se mais da ação do que com o seu smartphone. Ao contrário do zoom digital, o zoom ótico de 10x mantém a qualidade de imagem em toda a gama de zoom. Poderá captar objetos distantes com detalhes precisos e ricos, sem ter de se preocupar com a degradação da imagem.”

E o Zoom Digital? Qual a diferença?
Enquanto que o Óptico amplia a imagem e tira a fotografia, falando em linguagem simples, no zoom digital apenas “amplia” os pixeís de parte da imagem capturada para preencher a foto. Ela aumenta apenas uma parte da imagem ao invés de aproximar todo o quadro fotografado. O resultado é uma imagem sem resolução, mesmo que tenha muitos megapixeís.

Tecnologia BIONZ
“O processador de imagem BIONZ proporciona um processamento de alta velocidade e alta precisão das informações provenientes do sensor CMOS. Ao fazê-lo, esta tecnologia produz imagens bonitas e naturais que evidenciam todo o potencial da lente e do sensor de imagem.”

Função Superior Auto
Capte imagens de elevada qualidade com confiança. A função Superior Auto adapta a cena que está a fotografar a um dos 44 padrões pré-carregados da câmara, ajustando as diferentes definições para produzir a imagem ideal. Também pode tirar várias fotografias, combinando-as para criar uma única imagem com menos ruído e uma gama dinâmica mais alargada.

Todas estas informações podem ser encontradas em Tecnologia http://www.sony.pt/electronic/tecnologia-imagem e http://www.sony.pt/…/camaras-cyber…/dsc-qx10/specifications… onde encontram todas as informações completas e/ou   com imagens que ajuda a perceber alguns dos termos.ns dos termos.

Hoje É O Teu Dia

Publicado em Atualizado em

10805321_984461991569936_1692248659_n

PARABÉÉÉÉÉNS!

Diz que esta criatura por quem me apaixonei faz hoje 20 anos! 2 décadas! Está um crescido.

Passei só para dizer isto e que não lhe posso desejar nada menos que o melhor em tudo. Um melhor amigo, um ouvinte, um companheiro de aventura, um namorado… Uma pessoa maravilhosa! Que daqui a um ano as coisas estejam diferentes, melhores, e possamos passar o dia juntos. Quem sabe fazer um festão no Estados Unidos já que ele passa a poder beber legalmente lá :p Agora fora de brincadeiras, PARABÉNS A TI! Que tenhas tudo o que mereces e, acima de tudo, sejas feliz!

E aqui que ninguém nos ouve… Amo-te!❤

Beijinhos,

Andreia

Aventuras na Capital – Parte II

Publicado em

Por Andreia Firmino

Chegámos a Lisboa e chovia torrencialmente, sentia-se um vento cortante que só dava vontade de nos abrigarmos. “Vamos para dentro do shopping, ao menos lá está quente” disse o Diogo e lá fomos nós, lojas de roupa e acessórios para mim, Fnac e Bertrand para ele. Depois de irmos comprar os bilhetes para o filme que íamos ver já se via na rua um céu azul convidativo a um passeio e aí fomos nós passear pelo Parque das Nações. O vento continuava cortante, mas nada que não se aguentasse e a andar nós aquecíamos. Depois de umas dezenas de fotos tiradas eis que o meu namorado teve uma brilhante ideia (nada de brilhante, o que esquece ao diabo lembra-lhe a ele), ir procurar a Sony Portugal. Ligou o GPS do seu Xperia Z2 (mais um beijinho à pala desta referência) e aí fomos nós à descoberta. Andámos, andámos, andámos… E andámos para bater com o nariz na porta de um prédio, prédio cujo penúltimo andar acolhe a Sony Portugal. Mas pronto, o rapaz ficou feliz e só isso já vale qualquer esforço.

Voltámos ao shopping e fomos enfiar-nos no conforto de uma sala de cinema (que em dias chuvosos e frios sabe ainda melhor) a ver O Excêntrico Mortdecai. Não era a nossa primeira escolha, mas valeu a pena, valeu pelo menos umas boas gargalhadas (apesar de, confesso, me rir mais do Diogo a rir do que do próprio filme).

O filme acabou, saímos do conforto e quentinho da sala de cinema e fomos até à gélida estação de comboio. Muitas paragens depois lá chegámos ao destino, Azambuja para ser mais específica, e fomos jantar com uns amigos meus. Pizza foi a ementa!!

Chegámos a casa já era tarde, mas mesmo assim ainda fomos ver um episódio de Castle (acho eu, sinceramente agora estou um pouco baralhada). No domingo, para além de um encontro entre o Diogo e a minha afilhada que do alto dos seus 3 anos diz “há dois Diogos e eu não gosto do Diogo da madrinha”, não fizemos muito mais do que estar abraçados a ver Mr. Bean e Castle, aproveitando cada minuto. Porque… Quem não gosta de abraços?

Não vos consigo transmitir por palavras exatamente tudo o que se viveu neste fim-de-semana, mas pode ser que o meu excelentíssimo namorado vos venha dar a perspetiva dele da história.😉

Beijinhos, abraços e muitos palhaços (ou amassos).