#Coragem e um #Sonho

Publicado em Atualizado em

Ora vejam bem, a coragem desta senhora! Eu vou por a notícia completa pois vale mesmo a pena!

Paraplégica viaja nos mares numa cadeira de rodas que desenhou (vídeo)

Chama-se Sue Austin e recuperou alguma da liberdade perdida em 1996, quando um acidente a deixou paraplégica e destinada a deslocar-se numa cadeira de rodas. Este destino, porém, está longe de ser cruel, já que é precisamente numa cadeira de rodas que esta mulher viaja, na profundeza dos mares.

A britânica Sue Austin, paraplégica desde 1996, criou uma cadeira de rodas subaquática, única no mundo, que lhe permite fazer mergulho. Este projeto, exibido na Olimpíada Cultural, em Londres, resulta da persistência de Sue, que foi por diversas vezes aconselhada a desistir. Apesar dos pareceres pouco favoráveis, em 2005, quando teve a ideia de desenvolver esta cadeira de rodas subaquática, Sue Austin decidiu avançar.

“Quando abordamos este assunto com alguns engenheiros, disseram-nos que a cadeira de rodas não iria funcionar debaixo de água, uma vez que não tinha sido concebida para o efeito. No entanto, eu tive sempre a certeza de que iria ter sucesso”, revela a britânica, à BBC.

O mergulho era a sua paixão, mas o facto de ser paraplégica limitava-lhe os movimentos. Assim, decide criar um mecanismo para mergulhar sem limitações, acreditando no seu instinto.

E graças a essa persistência viaja, no fundo dos mares, numa cadeira movida por dois motores de propulsão, que tem uma barbatana acoplada a uma corrente, que Sue controla recorrendo aos pés.

A grande dificuldade deste projeto foi encontrar um modo de propulsão subaquática. Sue Austin conseguiu encontrar um modelo adaptável a uma cadeira de rodas e pôs mãos à obra, sendo que o projeto teve sucesso.

Num dos eventos que decorrem em paralelo com os Jogos Paralímpicos de Londres, esta mulher apresentará uma acrobática subaquática. Um vídeo com a sua viagem subaquática, numa cadeira de rodas que voa, está em exibição até 9 de setembro, no Royal Festival Hall, localizado na capital inglesa.

Sue vai atuar ao vivo num espetáculo que decorre em Weymouth, num mergulho chamado “Creating the Spectacle’ [Criando o Espetáculo]. Está a mostrar ao mundo a sua criação.

A cadeira de rodas ainda não foi patenteada, mas esse processo já teve início, sendo que diversos mergulhadores profissionais que dão instrução manifestaram interesse em alugar a cadeira de rodas de Sue, para que outras pessoas com deficiência possam usar o equipamento.

“O departamento de oceanografia da Universidade de Plymouth, onde completei um bacharelato em Artes Performativas, revelou que esta cadeira permitirá que os seus cursos se tornem acessíveis a estudantes portadores de deficiência”, disse ainda Sue.

Veja a viagem de Sue:

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s