#Marte–Escalada ao Mount Sharp

Publicado em Atualizado em

A imagem já é conhecida por nós, mas agora temos mais informações. Ora vejam!

Curiosity mostra com detalhe o Mount Sharp em Marte

O robot Curiosity enviou as primeiras imagens a cor em alta resolução do Mount Sharp, situado no centro da cratera Gale, onde o robot aterrou em Marte.

As imagens da montanha com 5,5 quilómetros de altura mostram uma peculiariedade geológica, sendo descrita pelos especialistas da NASA como «o Grand Canyon, mas ao contrário».
As camadas rochosas mais perto do cume do Mount Sharp – cujo nome oficial é Aeolis Mons – são inclinadas em relação às que se encontram por baixo.
No Grand Canyon, por exemplo, as camadas inferiores são inclinadas e as superiores mais rectilíneas.
«No Grand Canyon as camadas são inclinadas devido às placas tectónicas, por isso é típico ver as camadas mais antigas mais deformadas do que as que se encontram mais acima», refere John Grotzinger, um cientista do California Institute of Technology.
«Neste caso [Mount Sharp] temos as camadas lisas com camadas mais inclinadas por cima. A equipa científica está, obviamente, a debater o que é que isto pode significar», acrescenta.
«Este aspecto chamou-nos a atenção por ser muito diferente do que esperáamos», considera.
A NASA prevê que o Curiosity chegue ao sopé do Mount Sharp daqui a cerca de um ano.

fonte: Diário Digital

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s