2014

O Desaparecido Saúda 2015

Publicado em Atualizado em

image

Olá a todos meus caros leitores.
Pois é, eu bem sei que ando desaparecido e ainda mais estupefacto fiquei quando vi que o meu último post era sobre… era sobre a Maquilhagem e os Homens (se não sabes do que estou a falar, da uma olhadela ). Claro que não podia deixar de vos comunicar para além daquela publicação feita em novembro.
Pois é, novembro… Foi em novembro que falei pela última fez e já estamos praticamente em fevereiro e eu sem vos dar nenhuma novidade. Pois bem, cá vão elas:

1o: Estou no telemóvel pelo que a numeração terá de ser assim… ;
2o: A passagem de ano foi no Porto junto de malta amiga e que está no coração;
3o: Estou vivo e de primeiro semestre feito. É verdade. Depois de uma interrupção letiva (sim, porque na universidade bem que podemos esquecer as “férias de natal”), tive cheio de frequências e trabalhos sendo que, depois de muito estudo, lá fiquei de férias dia 16 deste mês;
4o: Fiz um segundo lançamento do meu livro na Fnac do Leiria Shopping no dia 16. Correu tudo bem e podem ver as coisas aqui ;
5o: Passei estes dias a pôr séries em dia enquanto dava forças à minha fantabulástica namorada para a sua defesa do estágio. Já ficou despachada hoje 😀 (love you babe)
6o: Depois de estarmos ambos de férias conseguimos estar finalmente os dois juntos. É verdade. Estou aqui, a escrever isto sobre o seu olhar atento, na Azambuja. A minha mãe parecia que me ia mandar para a China e parecia querer que levasse o frigorífico atrás… Mas, bem, cá cheguei eu. Inteiro e no quente do aquecedor porque a chuva ☔ é nossa companhia neste fim de semana (EU AMO CHUVA).

Vou-me despedir por agora prometendo trazer novidades e mais disparates.

P.S.: A Andreia não tem vindo cá escrever mas não a matei!!!! Prometo que ela vai vir cá.

Beijos e Abraços,
Diogo

Anúncios

SOCORRO! #1

Publicado em

Por Andreia Firmino

O MEU NAMORADO É UM LADRÃO

Está uma pessoa nas aulas, a tentar manter-se atenta e a morrer de calor, quando recebe uma mensagem que diz “Tenho o teu pin da color run”. É o quê? Como assim o meu pin da color run? Queres ver que o rapaz foi comprar o pin depois de eu lhe dizer que queria um, mas não tinha levado dinheiro? Bem, a conversa desenrolou-se…

“- O quê?

– O teu pin da color run

– Ham? (respondi ainda sem perceber a história)

– Aquele preto com letras às cores…

– Mas como é que o tens??

– Roubei-to”

Pois… Roubou-mo! Ouviram bem? ROUBOU-MO! Eu que ainda acreditei no lado dele de bom namorado que me tinha comprado o pin (QUE INGÉNUA QUE FUI) , fui bem enganada por um namorado ladrão. A desculpa dele foi “pus no bolso e tu estavas a olhar para mim, pensei que tinhas visto”, mas é óbvio que se tivesse visto não permitia tal assalto. Andou uma pessoa a pedir dinheiro às amigas para comprar o pin e depois ele vai assim, num bolso alheio.

Com isto, caras amigas, não se deixem levar pelo ar de anjo dos vossos namorados! Mais cedo ou mais tarde são surpreendidas pelo príncipe que se revela um dos 40 ladrões do Ali Baba.

 

1 Mês Que Foi Lançado “O Bater do Coração”

Publicado em Atualizado em

10352777_1441440536108239_6837699716163270130_n

Faz hoje um mês que lancei o meu primeiro livro. Foi sem dúvida um dia bastante especial e que eu não poderia deixar de expressar a minha alegria ao receber as vossas opiniões e comentários. É bom saber que choram com a história, que se apaixonam pelas personagens, tal como eu me apaixonei… Que quando estão a ler é como se viajassem.

É bom saber também que gostam do final que escrevi para vocês e depois do extra – a carta – , que completa a história.

Sem dúvida que escrever este livro foi um enorme desafio e o maior veio depois da sua conclusão.

Eu comecei a escrever a história em Março de 2012, ou seja, tinha lá os meus 17 anos e com muito para aprender, uma aprendizagem que, tal como tudo na vida, é sempre contínua. Acabei de escrever a história em Novembro, penso, do mesmo ano, e a parte difícil foi o depois disso. Toda a revisão feita para que eu conseguisse manter o mesmo tipo de escrita aquando da escrita do livro bem como de todas as emoções que tinha sentido, que se traduzem nas palavras escolhidas.

Como tal, fico contente que estejam a gostar, resultou numa leitura leve. Resultou numa história que eu queria contar e, como tal, também transmitir uma mensagem. Mas deixo essa para quem o leu ehehe.

SONY DSC

Irei fazer outra sessão de lançamento mas ainda não vos consigo dar muitos detalhes pelo que fiquem atentos às próximas semanas 🙂 !

Obrigado também na rede social dos leitores e autores: Goodreads.

Podem classificar e comentar o livro aqui e podem também fazer as vossas perguntas aqui, e ver todas as outras perguntas a que respondi. As perguntas a que respondi até agora são:

capa original

De onde tiraste a ideia para o teu livro mais recente?
Como arranjas inspiração para escrever?
No que estás a trabalhar agora?
Que conselho dás para aspirantes a escritores?
Qual é a melhor coisa em ser um escritor?
Como lidas com o bloqueio de escritor?

Podem fazer as vossas perguntas relativamente à história lá 🙂

O Bater do Coração já está nas livrarias – sabe mais aqui

 

 

 

 

Publicado originalmente em https://obaterdocoracao.wordpress.com a 7 de Julho.

Se quiseres ser o primeiro a saber das últimas entradas, subscreve o blog 🙂

Olá Férias!

Publicado em Atualizado em

Férias? Que palavra tão estranha… Estranha não no sentido em que não a conheça, mas no sentido em que já não me lembrava que ela existia.

férias1

E isto tudo vem em que sentido? Pois bem, os exames acabaram – envoltos em muita confusão barra polémica (claro que falo dos exames de português e matemática) – , e é tempo agora de descansar. De tentar relaxar nesta semana…

Ai… eu devo estar mas é a sonhar, não é?

Vai ser já na próxima semana que sabemos os resultados destes brilhantes exames e se conseguimos alcançar aquilo que queríamos… Eu só quis com este post deixar este meu desabafo. Este que é meu e de todos os milhares de estudantes do nosso país.

Vamos mas é aproveitar estes dias para o relax! Olhem, cá eu já estive a ler, ver séries,  jogar PS e dar uns belos de uns mergulhos enquanto espero que esta malta se decida em ir ver os Transformers 4 ao cinema.

 

O Meu Festival de Verão: IAVE /GAVE – Exames Nacionais 2014

Publicado em

Eu estou a tentar perceber porque raio as pessoas estão preocupadas em qual festival de verão ir. Ou melhor, qual terá o melhor cartaz? Será o NOS Alive, Meo Sudoeste, Avante, Meo Marés Vivas, Superbock Super Rock? Pois bem, eu acho que então vocês ainda não conhecem o IAVE/GAVE. É só, tipo, o melhor festival de todos os tempos.

Não é para qualquer um, é apenas para os fortes e que conseguem ir. Depois, quando lá se chega não é só ficar a… olhar para o lado. Não. Não pensem que é fácil. Eu vou mostrar-vos mas é o cartaz para este ano:

Capturar

 

Eu só naquela, vou no dia 18 e depois no dia que, sem dúvida, é o melhor. De que dia falo? Dia 26 ora essa!

No dia 18 será fantástico porque temos que chegar lá e saber as” letras das músicas” dos artistas de dois anos!!! Já viram? Quer dizer, se saber o que se passou num ano inteiro já é o que é, imaginem lá saber de dois?

No dia 26… diz 26 é aquela coisa… opá, como vos hei de explicar: olhem para a citação que a “Rapariga do 12º Ano”  deu no ano passado. Tão a ver agora não é? Pois bem, o dia 26 é de uma emoção tão mas tão grande que, tudo o que vamos querer é morrer.

E vocês? Qual o vosso dia favorito? Têm é que ir a correr para as inscrições, vá! E olhem que, se para alguns é oferta a ida a este festival (da desgraça), para outros fica bem caro…

 

(Convite) Lançamento do meu livro: O Bater do Coração

Publicado em Atualizado em

Eu nem estou a acreditar que vos estou finalmente aqui a escrever sobre isto…

Desde que me lembro, dos sonhos que tinha…, aquele que se destacava era o que tinha a ver com a escrita. Acho algo maravilhoso. O poder da palavra. O poder de criar histórias. De fazer o leitor rir, chorar, alegrar-se, enraivecer-se… O poder de levar o leitor para um outro mundo.

Ainda não percebi bem este meu gosto…, é algo complicado quando lidamos com a imaginação e tudo aquilo que ela nos “mete à frente”. A verdade é que por causa disso, tenho que agradecer aos meus amigos pelo apoio que me davam e que me dão. Por me aturarem quando a minha cabeça andava à roda. Por opinarem sobre o que eu escrevia. Por estarem lá.

É um sonho complicado…, eu sei disso. Foi algo que sempre vi. Algo que sempre que fechasse os olhos, quase que conseguia tocar nele. Sentir. Sorrir. Quando voltava a abrir os olhos, as coisas estavam na mesma. Tudo na mesma…

Pois bem, eu quis seguir os meus sonhos. Quis que aquilo que aparecia quando eu fechava os olhos se tornasse realidade. Queria passar as histórias que rodeavam a minha cabeça parar às vossas mãos. Queria que enquanto estivessem a ler “aquelas” páginas, conseguissem estar noutro sítio. Num sítio completamente alheio às preocupações. Aos dramas. Às tristezas.

Eu sonhei. Eu trabalhei e sonhei ao mesmo tempo para que, no fim, no final de todo o trabalho que já leva anos, pudesse estar aqui, a escrever para vocês que me acompanham, sobre o lançamento do meu primeiro livro. Tenho que dizer que foi difícil começar a partilhar as minhas palavras. Partilhar algo que era tão pessoal para mim. Mas deixei que o sonho me invadisse por completo e o resultado é o que se tem visto nestes anos de trabalho e muita mas muita dedicação.

Vai ser então no dia 7 de Junho, no Hotel Eurosol Leiria o lançamento do livro O Bater do Coração e, sem dúvida, que a vossa presença  fará a diferença! Espero poder contar convosco para me acompanharem ao longo desta jornada. Desta grande escalada em que farei por fazer melhor.

convite_bater_coração_7_junho

 

 

Pôr As Coisas Em Dia #1 : Publicação do Meu Livro, Exame de Código, Viagem e Corridas Noturnas

Publicado em Atualizado em

Faz muito mas muito tempo desde que falei com vocês! , Mas bem, vamos mas é começar.

Em primeiro lugar, agradecer pelas visitas ao blog! É muito muito bom ver que continuam a crescer e que os meus visitantes se mantêm.  A ver se para a semana vos trago mais novidades no que toca às rubricas #Apps e #Instapic

Agora, vamos ao que dá título ao post!

Publicação do Meu Livro:

O

Pois bem, penso que não é novidade para ninguém de que escrevo. Para quem não sabe ou não tem grande conhecimento disso, vou tentar fazer um breve resumo para que percebam a minha alegria e, para além disso, o meu incentivo a seguirem os vossos sonhos!

Tudo começou em 2010. Jogar Sims era uma coisa que sempre tivera a curiosidade e nunca tivera a oportunidade, sendo que com o lançamento do Sims 3, não hesitei! Desde essa altura que comecei a escrever séries acompanhando o texto, digamos assim, a história, com imagens que tirava do jogo. Acho que fiquei bastante “viciado” pelo que acabei por lançar várias séries como podem ver aqui .

Claro que olho para trás e gostava de ter escrito tudo de uma outra maneira e corrigir os diversos erros que elas têm, mas fico contente com esses mesmos erros. “E porquê?”, podem perguntar vocês. Pois bem, são esses erros que nos fazem crescer e aprender. Foi com esses erros que continuei a escrever séries até 2014, ano em que tive que me afastar definitivamente pela altura de exames e pelo tempo que “fazer” uma série demorava. Eram episódios que eram publicados, cenários que tinham que ser feitos. Trailers. Posters. Blogs. Promoção e … Era algo que apesar de ter saudades, dava muito, mas muito trabalho. Podem ver um exemplo em baixo:

Exclusivo “Sonho” Bastidores

No meio dessas histórias, surgiu um romance que até aos dias de hoje recebo comentários de leitores, o que realmente me anima. Esse romance é Em Busca da Felicidade.

Foi sem dúvida das histórias que mais gostei de escrever e, como tal, queria ter essa história como base para a escrita do meu livro, pelo que, tendo em conta as bases da história, fui pôr mãos à obra!

Em Março de 2012 comecei a escrever a história – O Bater do Coração – e em Agosto do ano passado assinei contrato com a editora. No início deste ano a obra ficou completamente terminada! Devo dizer-vos que quando acabei de ler a versão final as lágrimas acompanharam-me. Porquê? Porque depois de tanto trabalho, tanta dedicação, paixão, CRIAÇÃO, acabou por terminar. A história estava finalmente revista e melhorada, tendo em conta a escrita que tinha quando a tinha começado a escrever, em 2012 (não se percam nas datas hahaha) . Há que se manter na mesma linha. 

Capturar1A história é um romance, como tanta gente me pergunta e será lançada em Junho próximo.

Podem pensar que a história tem alguma coisa a ver com a série que em cima referi, mas não. Aliás, é mesmo aí que quero chegar. Essa história apenas serviu de impulso para que eu tivesse a coragem de mostrar ao mundo que escrevia e coragem para me aventurar na escrita de um livro que é muito diferente de uma série. Por isso, estejam descansados que O Bater do Coração e Em Busca da Felicidade só se cruzam na minha vontade de vos passar uma história e de o fazer da melhor maneira que o conseguia fazer quando a comecei a escrever.

Como tal, é uma enorme alegria ter tido essa oportunidade e pôr ter pessoas que ao longo desta jornada me aconselham, dão críticas, opiniões, elogios e tudo o mais. Por isso, não desistam dos vossos sonhos nem deixem de acreditar que têm algo para mostrar e dar ao mundo. Basta trabalharem, acreditarem e terem as pessoas certas ao vosso lado para vos ajudar nos obstáculos que a vida vos “dá”. Não desistam!

O dia do lançamento é algo que já sei e que estou só à espera de receber o material promocional em formato físico e digital para depois vos convidar todos! 😉

Exame de Código

código

 

Será que existe mais alguma coisa a dizer para além da minha alegria? Basta fazerem bastantes exames, sentirem-se preparados (que é o mais importante) e irem confiantes e acreditar em vocês mesmos. Acreditem que resulta mesmo!

Corridas Noturnas

Já vos falei diversas vezes das corridas e caminhadas que são feitas cá na cidade de Leiria, tendo já sido referidas em televisão nacional.

Estou bastante ciente de que sabem que chover é coisa que mais tem acontecido nesta Primavera (pelo menos é o que lhe continuam a chamar). Eu adoro chuva, adoro mesmo! Mas eu só queria mesmo que ela tirasse uma folga às quartas-feiras para depois ir correr à noite. Pode chover torrencialmente nos outros dias da semana, mas às quartas-feiras não! Por favor!!!

Com esses meus desejos, tal folga aconteceu na quarta-feira, 2 de Abril (ou assim eu pensava). Lá fomos nós todos correr animados e posso dizer que o fizemos com bastante sucesso. Fomos ao castelo de Leiria (que eu adoro, mas para correr é algo que não. Acreditem mesmo! Bem se percebe porque é que dantes se morria tão cedo. Com degraus daquele tamanho, era preciso montes de ginástica para os subir!)

1001929_211605279049044_1216044441_n

 

Eu estou lá no fundo, para apreciar a vista do castelo:

857404_843765885639548_194545312_o

Tudo muito bonito. Todos muito cansados, quando, de repente, uma carga de água nos cai em cima! Mas literalmente! Acho que todos tomamos banho naquela noite. Se se perguntam como cheguei a casa, pois bem: foi de banho tomado. Completamente encharcado. E mais! Ainda tivemos que ir a pé para casa. E olhem lá como estava a noite antes de eu sair de casa:

10152652_843686628980807_626755805_n 10156085_843762158973254_1411157826_n

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Esta quarta-feira…. bem! Passamos do 8 para o 80! Esta quarta-feira foi altura de termos um “tempo tropical”. Montes de calor…, mas devo dizer-vos que a corrida foi fantástica. Cansativa!! Mas fantástica!

10170876_847700215246115_1800549411834840306_n

Viagem!

Hum… talvez na terça-feira saibam alguma coisa hehehe!

 

 

Doar Sangue!

Publicado em

como-doar-sangue

Boas noites,

Se existe coisa de que vos quero falar é do meu desejo de dar sangue. Sei que poderia ter um desejo diferente, não era? Mas bem, dar sangue acho que é uma coisa fantástica e se nós tivermos essa oportunidade – e com isto refiro-me a não dar o badagaio ao ver sangue -, é algo que o devemos fazer. Além do mais, residentes em Portugal, penso que viram na última semana que existem certos tipos de sangue que estão em falta (nomeadamente O- (dador universal).

Mas bem, o que eu vos quero apresentar aqui é, se estiverem interessados, (ou não), ou estiverem a elaborar um trabalho ou, simplesmente, por curiosidade, todas as informações para que vocês possa ser dadores! Até porque, e segundo este artigo: “durante o período que antecede o carnaval as doações de sangue normalmente caem até 50%.”

Penso que muitas destas quebras, para além de nos anos anteriores terem resultado do feriado e eventuais pontes, poderá ter a ver com a quebra de algumas das vantagens que os doadores de sangue tinham no passado, tal como a isenção de taxas nas consultas médicas, direito a faltar ao trabalho em alguns dias e …

Vamos começar?

Posso dar sangue?

Pode dar sangue se tiver bom estado de saúde, hábitos de vida saudáveis, peso igual ou superior a 50kg e idade compreendida entre os 18 e os 65 anos.  Para uma primeira dádiva, o limite de idade é aos 60 anos.

Não dê sangue se:

– alguma vez utilizou drogas por via endovenosa.
– teve contatos sexuais a troco de dinheiro ou drogas.
– sendo homem ou mulher, teve contatos sexuais com múltiplos(as) parceiros(as).

se foi parceiro sexual de:

– qualquer dos grupos anteriores.
– seropositivo para o Vírus de Imunodeficiência Humana – VIH.
– portador crónico do Vírus da Hepatite B e Hepatite C – VHB, VHC.

e, ainda se:

– tem história familiar de Doença de Creutzfeldt-Jakob e variante – DCJ, vDCJ.
– fez tratamento com hormona de crescimento, pituitária ou gonadotrofina de origem humana.
– fez transplante de córnea ou dura-máter;
– fez transfusão.
– tem Epilepsia, Diabetes insulino-dependente ou Hipertensão grave.

– teve parto nos últimos 6 meses; está a amamentar (adiar 3 meses após cessar o aleitamento).
– foi operado nos últimos 4 meses (6 meses caso tenha tido complicações).
– fez endoscopia nos últimos 4 meses.
– fez tatuagem ou piercing nos últimos 4 meses.
– fez tratamento dentário (por exemplo extração dentária) há menos de uma semana.
– teve um novo(a) parceiro(a) sexual nos últimos 6 meses.

Intervalo entre dádivas

Os homens podem dar sangue de 3 em 3 meses (4 vezes/ano) e as mulheres de 4 em 4 meses (3 vezes/ano) sem qualquer prejuízo para si próprios. Uma unidade de sangue total representa aproximadamente 450ml. Cada pessoa tem em circulação 5 a 6 litros de sangue, dependendo da sua superfície corporal. O sangue doado é rapidamente reposto pelo nosso organismo. Não há qualquer possibilidade de contrair doenças através da dádiva de sangue, pois todo o material utilizado é estéril e descartável e usado uma única vez.

Taxas Moderadoras

No que diz respeito aos critérios para atribuição de isenção aos Dadores de Sangue, aCircular Normativa Nº 30/2013 de 30 de setembro, da Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS), explicita  que os Dadores de Sangue podem beneficiar da isenção do pagamento de taxas moderadoras nas seguintes condições: se tiverem efetuado mais de 30 dádivas na vida ou se tiverem duas dádivas nos últimos 12 meses, incluindo os candidatos à dádiva impedidos temporária ou definitivamente de dar sangue desde que tenham efetuado 10 ou mais dádivas válidas.

Lê toda a informação AQUI!!!

Cartão Nacional de Dador de Sangue

CND_novo

20 Dúvidas sobre a Dádiva de Sangue

1. – Para dar sangue,« terei que fazer uma inscrição prévia?

2. – Eu já tive várias doenças no passado. Poderei ser dador de sangue?

3. – O sangue doado não me vai fazer falta?

4. – O meu tipo sanguíneo será mesmo necessário?

5. – Conseguirei ultrapassar o meu receio de dar sangue?

6. – Ainda não atingi a maioridade, Poderei dar sangue?

7. – O meu peso será suficiente para ser dador?

8. – Já dei sangue este ano. Posso repetir a dádiva?

9. É permitida a venda de sangue?

10. – Após a dádiva sentir-me-ei enfraquecido?

11. – Sei que já existem muitas pessoas que dão sangue. A minha dádiva irá fazer diferença?

12. – Onde posso dar sangue?

13. – Não tenho muito tempo livre. Quanto tempo terei de despender para dar sangue?

14. – Poderei ser recusado como dador de sangue?

15. – A dádiva de sangue é obrigatória?

16. – Se algum dia precisar de sangue, ao recorrer a um serviço privado terei acesso ao sangue que necessitar?

17. – Será que o meu sangue presta?

18. – Causa-me transtorno deslocar-me para dar sangue. Haverá outra forma de poder contribuir com a minha dádiva?

19. – Poderei dar sangue apenas quando alguém próximo de mim precisar dele?

20. – Poderei ausentar-me do meu locar de trabalho para dar sangue?

Descobre as respostas aqui

Será que vos consegui “atrair”?

Eu confesso que a única coisa que me mete confusão é a velocidade a que o sangue sai. De qualquer das maneiras pensem nisso. Não é preciso darem muitas vezes ao ano. O que interessa é que, no fim, o vosso sangue poderá vir a salvar alguém no futuro.

Todas as informações foram retiradas do site:

Espaço Dador – Instituto Português do Sangue

Relativamente à notícia que referi, podem encontrar aqui já bons resultados daquilo que foi uma sensibilização por parte dos media:

Agradecimento e Alerta

Olá aos 18 e Olá aos 19 Anos – As 10 Coisas Que Aprendi no Ano Passado

Publicado em Atualizado em

Foi isso mesmo!,

foi no passado dia 12 de Fevereiro que celebrei o meu décimo nono aniversário e bem que ele não poderia ter corrido melhor.

2014-02-12 21.18.28

Sem dúvida foi um dia bastante cansativo, mas a alegria que dele vem são ENORMES!, e, como tal, eu tenho mesmo que agradecer todas as pessoas que me felicitaram pelo meu aniversário, quer por aqui, chat, sms, skype… não interessa! Todas essas pessoas levam um gigante OBRIGADO da minha parte.

19 anos… Eu ainda penso nos 18 anos. No ano passado… como foi um ano em que muita coisa aconteceu. Conheci gente nova, diverti-me! Fui a concertos. Ajudei os meus próximos. Amei. Fiz disparates. Assinei contrato para a publicação do meu primeiro livro e, tudo isto com o apoio sempre dos meus amigos que sempre me apoiaram (e também davam na cabeça  ).

Agradeço pelos meus dezoito anos de vida a todos e que, com estes 19, só consiga continuar tudo aquilo que fiz. Melhor! Tentando sempre aprender com cada erro e melhorar no meu trabalho – nomeadamente na escrita que é a minha verdadeira paixão como julgo saberem (https://www.facebook.com/DiogoAFSimoes ).

Agradeço aos que tornam neste dia, num dia ainda mais feliz!

Também tenho que agradecer aos meus seguidores aqui no blog pelas visualizações e opiniões que vou sempre recebendo!

Agora… vamos realçar as coisas que aprendi no ano passado:

1º – Segue os teus sonhos!

Eles podem parecer impossíveis, é verdade, mas com trabalho, dedicação e esperança (sim, porque ter esperança não é ilusão), as coisas podem ficar a vosso favor. É certo que muitas vezes acabamos por ficarmos esgotados de tanto trabalho e, no fim, não temos aquilo que esperávamos. Mas temos que arriscar e não ter medo de arriscar. Coisas boas vêm do erro.

2º (1.1) – Matem os amigos por perto e ajuda-os sempre!

Isto é algo que todos nós sabemos e que é algo que sempre o faço, mas nunca é demais realçar. Além do mais, muitas vezes aquilo que eu referi no 1º ponto só é possível com a ajuda dos nossos amigos. Do apoio, críticas e partilha das alegrias e tristezas. Não temos que ter vergonhas! Os amigos são isso, não é verdade? Não somos nenhuns necessitados, mas sim pessoas que confiam nos seus amigos e aqueles que nos compreendem estarão lá sempre, de boa vontade, ver-nos crescer.

E a verdade é isso mesmo, e pegando no ponto 1 e 2, das melhores coisas que ouvi o ano passado é que eu era um exemplo por ter seguido o meu sonho e ter conseguido com o trabalho que fiz e que, sobretudo, ainda faço!

3º – Dar ouvidos aos nossos pais!

É difícil, mas quando eles dizem para levar-mos um chapéu de chuva ou irmos mais agasalhados seria uma EXCELENTE ideia ouvirmos… Mas vocês já sabem do que eu estou a falar hehe

4º – Parar de pensar nas férias!

Isto é o drama de todo o estudante, mas o melhor mesmo será aproveitar o momento presente e tentar pensar nas férias só quando elas estiverem à porta. É o melhor para a nossa saúde! :p

5º – O Skype é propício à maluqueira!

Quem é que nunca teve aqueles amigos que, com chamada de vídeo ficamos boquiabertos? Pois é! Lá está! Eu confesso que acho imensa piada as chamadas de vídeo pela proximidade que podemos ter com os nossos amigos e familiares distantes e, além do mais, divertir é sempre bom, bem como rir. Ainda não pagamos imposto para tal.

6º – Estudar ainda mais!

Sim, se pensamos que no ano anterior estudamos mais, então com nova idade é altura de termos uma visão mais amplificada e ter em conta o nosso futuro! Por isso, toca a trabalhar!

7º – Tentar controlar a minha excitação!

Isso parece mal numa primeira leitura, não é? Mas nada disso! Eu, gostando de escrever, tenho sempre ideias para 1001 histórias dentro da minha cabeça. Como tal, manter essas ideias todas no sítio consome muito mas muito combustível. Há que ter calma, respirar fundo que tudo se faz. É preciso é tempo.

8º – O vício das séries!

Das séries…dos filmes, dos livros… Tudo um grande vício.

Atualmente, acompanho perto de 13 séries, se não estou em erro e, como podem calcular, é muita história que se tem na cabeça. A boa parte é que algumas dessas séries são só de verão…. (aaa…será isto uma boa coisa?).

Livros… Eu não sei se acontece com algum leitor daqui, mas eu posso ter 10 livros para ler e já estou a adicionar e a aproveitar promoções que as editoras fazem. É uma tentação terrível!

9º – O meu amor pela corrida!

Eu juro que nunca me tinha sentido tão ansioso por ir correr às quartas-feiras à noite lá em baixo, no centro de Leiria.

A verdade é que como sou asmático, eu até gosto de desporto, mas ao longo dos anos acabamos por ter algum ódio a essas atividades que adorávamos conseguir fazer como pessoas “normais”. A verdade é que desde que o ano passado comecei a correr, me sinto como novo! Eu  posso chegar a casa cansadíssimo, com uma molha da chuva insistente que não nos abandona, esfomeado, capaz de comer um crocodilo, mas não interessa! O ambiente e os amigos são fantásticos e, assim, nem vemos ligamos aos 8 km que percorremos.

10º – Tentar deitar cedo!

Uma das coisas que tenho vindo a fazer com o horário de 12º é a deitar-me tarde e isso, claramente que influencia muita coisa.

Sempre tive a sorte de, independente da hora a que acordo, acordo sempre bem disposto e pronto para pôr música a tocar na casa toda. Contudo, apesar disso, chego se for preciso ao final da tarde com os olhos a piscar.

Enfim… aqui ficam as 10 coisas que aprendi (e devo ter aprendido mais, mas agora não me lembro) e, espero que com elas, também tenham aprendido alguma coisa. (Ou talvez não.)

O planeta Terra visto de Marte

Publicado em

Foi esta semana que foi revelada uma imagem tirado pelo robô Curiosity que foi enviado para Marte em 2011 e, lá aterrou em Agosto de 2012.

Parece que foi a vez de o “nosso companheiro” levar os “olhos” ao céu. O resultado está aí, uma fotografia de um ponto minúsculo mas que, sendo minúsculo ou não, faz toda a diferença.

2014-02-08190928_f7664ca7-3a1a-4b25-9f46-2056eef44c33$$72F445D4-8E31-416A-BD01-D7B980134D0F$$949C5F07-109C-4E42-9EAB-8695725B86B9$$storage_image$$pt$$1