A Minha Cidade

Olá Férias!

Publicado em Atualizado em

Férias? Que palavra tão estranha… Estranha não no sentido em que não a conheça, mas no sentido em que já não me lembrava que ela existia.

férias1

E isto tudo vem em que sentido? Pois bem, os exames acabaram – envoltos em muita confusão barra polémica (claro que falo dos exames de português e matemática) – , e é tempo agora de descansar. De tentar relaxar nesta semana…

Ai… eu devo estar mas é a sonhar, não é?

Vai ser já na próxima semana que sabemos os resultados destes brilhantes exames e se conseguimos alcançar aquilo que queríamos… Eu só quis com este post deixar este meu desabafo. Este que é meu e de todos os milhares de estudantes do nosso país.

Vamos mas é aproveitar estes dias para o relax! Olhem, cá eu já estive a ler, ver séries,  jogar PS e dar uns belos de uns mergulhos enquanto espero que esta malta se decida em ir ver os Transformers 4 ao cinema.

 

Pôr As Coisas Em Dia #1 : Publicação do Meu Livro, Exame de Código, Viagem e Corridas Noturnas

Publicado em Atualizado em

Faz muito mas muito tempo desde que falei com vocês! , Mas bem, vamos mas é começar.

Em primeiro lugar, agradecer pelas visitas ao blog! É muito muito bom ver que continuam a crescer e que os meus visitantes se mantêm.  A ver se para a semana vos trago mais novidades no que toca às rubricas #Apps e #Instapic

Agora, vamos ao que dá título ao post!

Publicação do Meu Livro:

O

Pois bem, penso que não é novidade para ninguém de que escrevo. Para quem não sabe ou não tem grande conhecimento disso, vou tentar fazer um breve resumo para que percebam a minha alegria e, para além disso, o meu incentivo a seguirem os vossos sonhos!

Tudo começou em 2010. Jogar Sims era uma coisa que sempre tivera a curiosidade e nunca tivera a oportunidade, sendo que com o lançamento do Sims 3, não hesitei! Desde essa altura que comecei a escrever séries acompanhando o texto, digamos assim, a história, com imagens que tirava do jogo. Acho que fiquei bastante “viciado” pelo que acabei por lançar várias séries como podem ver aqui .

Claro que olho para trás e gostava de ter escrito tudo de uma outra maneira e corrigir os diversos erros que elas têm, mas fico contente com esses mesmos erros. “E porquê?”, podem perguntar vocês. Pois bem, são esses erros que nos fazem crescer e aprender. Foi com esses erros que continuei a escrever séries até 2014, ano em que tive que me afastar definitivamente pela altura de exames e pelo tempo que “fazer” uma série demorava. Eram episódios que eram publicados, cenários que tinham que ser feitos. Trailers. Posters. Blogs. Promoção e … Era algo que apesar de ter saudades, dava muito, mas muito trabalho. Podem ver um exemplo em baixo:

Exclusivo “Sonho” Bastidores

No meio dessas histórias, surgiu um romance que até aos dias de hoje recebo comentários de leitores, o que realmente me anima. Esse romance é Em Busca da Felicidade.

Foi sem dúvida das histórias que mais gostei de escrever e, como tal, queria ter essa história como base para a escrita do meu livro, pelo que, tendo em conta as bases da história, fui pôr mãos à obra!

Em Março de 2012 comecei a escrever a história – O Bater do Coração – e em Agosto do ano passado assinei contrato com a editora. No início deste ano a obra ficou completamente terminada! Devo dizer-vos que quando acabei de ler a versão final as lágrimas acompanharam-me. Porquê? Porque depois de tanto trabalho, tanta dedicação, paixão, CRIAÇÃO, acabou por terminar. A história estava finalmente revista e melhorada, tendo em conta a escrita que tinha quando a tinha começado a escrever, em 2012 (não se percam nas datas hahaha) . Há que se manter na mesma linha. 

Capturar1A história é um romance, como tanta gente me pergunta e será lançada em Junho próximo.

Podem pensar que a história tem alguma coisa a ver com a série que em cima referi, mas não. Aliás, é mesmo aí que quero chegar. Essa história apenas serviu de impulso para que eu tivesse a coragem de mostrar ao mundo que escrevia e coragem para me aventurar na escrita de um livro que é muito diferente de uma série. Por isso, estejam descansados que O Bater do Coração e Em Busca da Felicidade só se cruzam na minha vontade de vos passar uma história e de o fazer da melhor maneira que o conseguia fazer quando a comecei a escrever.

Como tal, é uma enorme alegria ter tido essa oportunidade e pôr ter pessoas que ao longo desta jornada me aconselham, dão críticas, opiniões, elogios e tudo o mais. Por isso, não desistam dos vossos sonhos nem deixem de acreditar que têm algo para mostrar e dar ao mundo. Basta trabalharem, acreditarem e terem as pessoas certas ao vosso lado para vos ajudar nos obstáculos que a vida vos “dá”. Não desistam!

O dia do lançamento é algo que já sei e que estou só à espera de receber o material promocional em formato físico e digital para depois vos convidar todos! 😉

Exame de Código

código

 

Será que existe mais alguma coisa a dizer para além da minha alegria? Basta fazerem bastantes exames, sentirem-se preparados (que é o mais importante) e irem confiantes e acreditar em vocês mesmos. Acreditem que resulta mesmo!

Corridas Noturnas

Já vos falei diversas vezes das corridas e caminhadas que são feitas cá na cidade de Leiria, tendo já sido referidas em televisão nacional.

Estou bastante ciente de que sabem que chover é coisa que mais tem acontecido nesta Primavera (pelo menos é o que lhe continuam a chamar). Eu adoro chuva, adoro mesmo! Mas eu só queria mesmo que ela tirasse uma folga às quartas-feiras para depois ir correr à noite. Pode chover torrencialmente nos outros dias da semana, mas às quartas-feiras não! Por favor!!!

Com esses meus desejos, tal folga aconteceu na quarta-feira, 2 de Abril (ou assim eu pensava). Lá fomos nós todos correr animados e posso dizer que o fizemos com bastante sucesso. Fomos ao castelo de Leiria (que eu adoro, mas para correr é algo que não. Acreditem mesmo! Bem se percebe porque é que dantes se morria tão cedo. Com degraus daquele tamanho, era preciso montes de ginástica para os subir!)

1001929_211605279049044_1216044441_n

 

Eu estou lá no fundo, para apreciar a vista do castelo:

857404_843765885639548_194545312_o

Tudo muito bonito. Todos muito cansados, quando, de repente, uma carga de água nos cai em cima! Mas literalmente! Acho que todos tomamos banho naquela noite. Se se perguntam como cheguei a casa, pois bem: foi de banho tomado. Completamente encharcado. E mais! Ainda tivemos que ir a pé para casa. E olhem lá como estava a noite antes de eu sair de casa:

10152652_843686628980807_626755805_n 10156085_843762158973254_1411157826_n

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Esta quarta-feira…. bem! Passamos do 8 para o 80! Esta quarta-feira foi altura de termos um “tempo tropical”. Montes de calor…, mas devo dizer-vos que a corrida foi fantástica. Cansativa!! Mas fantástica!

10170876_847700215246115_1800549411834840306_n

Viagem!

Hum… talvez na terça-feira saibam alguma coisa hehehe!

 

 

As 5 coisas (Que na Verdade são 6) que “aprendi” nesta semana

Publicado em Atualizado em

“É sexta-feira, yeh”… choveu a semana inteira.

Chuva, pois é! Quase que me esquecia dela. Não, estou claramente a mentir porque, se houve coisa de que não descansamos desde o final e início do novo ano foi a minha amiga chuva! (Sim, eu apesar de me estar a queixar gosto bastante dela).

Houve algumas coisas que, como tal, aprendi no decorrer desta semana:

1º – Se ao olharem pela janela e pensarem: “bem, hoje vou a pé para as aulas” é melhor repensarem duas vezes. Isto porque não vá, sei lá eu, um tornado aparecer no meio do nada e estragar-vos os planos.

2º – Se optaram por seguir o pensamento do ponto 1 então são tal e qual como eu. E, se para ajudar, seguir os conselhos dos vossos pais como o de levar um casaco ou luvas é algo que não vos assiste ainda mais se adequam aqui. Isto porquê? Bem, existe uma primeira vez para tudo (não propriamente quase tudo!) e, se existe coisa, que penso que vão concordar comigo, é que o vento faz uma catastrófica aliança com a chuva que só serve para fazermos figuras em plena rua pública. Então não é que na terça-feira eu e o chapéu-de-chuva nos envolvemos numa discussão acesa e ele se virou contra mim? (LITERALMENTE – Vocês sabem o que eu quero dizer).

chuva

3º – Se vocês são adeptos de corrida devem ter conhecimento do evento que se realiza todas as quartas-feiras em Leiria em que ou se caminha ou se corre pela cidade. Pois bem, eu, grande adepto que sou, fui com o meu pai onde me ia encontrar com um amigo que me iria acompanhar na corrida enquanto meu pai ia na corrida intermédia. Pois bem, correu tudo muitíssimo bem e, quando acabou o que aconteceu? Aposto que vos passou já pela cabeça. Começou a chover! A.CHOVER.OUTRA.VEZ. E, claro que não seria grande problema para quem foi de carro – mas, obviamente, que perderia a sua piada se vos dissesse que tinha ido de carro. Claramente que fomos a pé e, quando cheguei já a casa, a única coisa que quis foi ir comer, beber água (é algo muito bom, vocês deviam experimentar – eu só bebo água, tipo… entre 5 a 6 vezes por ano) e deitar-me na cama depois de 11 Km. Eu juro-vos que no meu momento de paragem pela cozinha era capaz de lá dormir. Mas deitei-me e fui dar descanso ao meu corpo exausto abraçando a cama que gritava, chamando por mim que estava (e estou) com bastantes dores no pé (nem sei, muito sinceramente, como tenho conseguido adormecer).

corrida

3.1) Algumas pessoas têm que usar mais a cabeça e pensar que ligar para um sítio onde eu estou, e onde está música aos altos berros a ecoar das colunas vindo do aquecimento que antecede a corrida, é, de facto, uma má ideia. Uma ideia muito mas muito má.

3.2) A chuva é ótima para limpar as sapatilhas sujas pela lama. (Lama? Ahhh)

3.2.1) Se pensam que são o homem-aranha e conseguem fazer grandes saltos por cima da lama é porque são muito confiantes de vocês próprios… mas depois acabam por vos acontecer o mesmo que a mim: dar umas contas “patinadelas” na lama tal e qual como se estivéssemos numa pista de gelo. É uma ideia muito muito má, tenho dito. (Se bem que eu “patinei” bastante bem pelo meu salto bem sucedido. Outros tiveram menos sorte).

4º) Por favor, não pensem que somos doidos por ir beber vodka pura às duas e um quarto da tarde. Digo-vos que até nos aqueceu mais para o estudo da matemática (é a sério). Também com o hambúrguer do Burger King que comemos a vodka em nós não teria lá muito efeito.

almoço

5º) Não penses que sou muito doido… estou cansado haha foi uma longa semana e segunda-feira o teste de matemática vem para nos dizer um olá, e deixar-nos com o coração apertado pelos 110 minutos.

5.1) Lembrar-me que amanhã tenho que acordar cedo para ir estudar!

5.1.1) Se estiver ainda sonolento lembrar-me que o sofá poderá ser uma alternativa simpática.

5.1.2) Primeiro o prazer e depois o dever… Esperem lá, isto não é bem assim! Ah já sei como é: Primeiro o dever e depois o prazer…

(Hum… interessante)

6º) Riscar o ponto 5 na íntegra!

math

Algo #Festivo–# Natal (19 Dias)– Leiria Iluminada (Fotos) Parte #2

Publicado em Atualizado em

Olá, tal como vos prometi neste post » Algo #Festivo–# Natal (23 Dias)– Leiria Iluminada (Fotos), deixo-vos aqui algumas fotos que tirei. Como era de noite e existia movimento no que toca a luzes (carros e pessoas, até porque era quarta-feira e, existem as tradicionais corridas noturnas) existia alguma dificuldade na focagem.

Cá ficam então:

2013-12-04 21.25.10

2013-12-04 21.25.39   2013-12-04 22.48.02

Algo #Festivo–# Natal (23 Dias)– Leiria Iluminada (Fotos)

Publicado em

Ora muito boa noite a todos.

Na quinta-feira da semana passada deparei-me com uma grande surpresa, algo que definitivamente não esperava – montarem as luzes de natal em frente à Câmara Municipal de Leiria. E bem, eu digo isto porquê? Porque, e penso como todos devem estar recordados, no ano passado, por motivos financeiros, as ruas de Leiria, bem como de outros conselhos, ficarem sem iluminações de natal, contribuindo para a tristeza do tradicional mês de Dezembro iluminado.

A verdade é que neste ano as iluminações não estão em todas as ruas como outrora, mas pelo menos já temos alguma coisinha, e bem, na ausência desta abundância de luzes, temos músicas natalícias nas ruas.

Cá ficam algumas fotografias tiradas neste final de dia. Prometo que quinta-feira (ou quarta-feira para quem me seguir no Instagram), colocarei fotos de noite Alegre

2013-12-02 17.32.502013-12-02 17.33.052013-12-02 17.35.062013-12-02 17.43.46

Olá Halloween

Publicado em

 

Olá olá todos! Como vão?

Pois é, já estamos mesmo às portas de Novembro, já com o final do ano a aproximar-se e digamos que a minha vida nestes dois meses tem sido escola, aulas de condução e código e algumas aventuras com os meus amigos para Leiria sem esquecer o trabalho no meu primeiro romance a ser publicado hehe Smiley mostrando a língua 

Mas hoje… hoje… afinal que dia é hoje? Hoje é dia 31 de Outubro, ou seja, noite de Halloween e como tal, e como é habitual, vou brindar-vos com alguns vídeos bastante divertidos para vos entreter até às 23:59 Smiley mostrando a língua, dando depois as boas vindas a Novembro e ao Inverno (se bem que este tempo mais parece que o inverno nos acompanha há algumas semanas, não?)

Começo com uma pequena curiosidade desta data festiva.

Sabe porque é que a abóbora é um símbolo do Halloween?

Sabe porque é que a abóbora é um símbolo do Halloween?

A tradição de utilizar a abóbora iluminada surgiu na Irlanda. Segundo reza a lenda, Jack, um ladrão que morreu de tanto beber, foi impedido de entrar não só no Paraíso, por levar uma vida muito avarenta, como também no Inferno por ter enganado o Diabo.

Jack não tinha para onde ir e o seu espírito foi forçado a vaguear pelo mundo, implorando ao Diabo que acendesse umas brasas para iluminar o seu caminho na escuridão.

Dado o pedido, foi-lhe entregue um pedaço de carvão incandescente, pedaço esse que Jack colocou dentro de um buraco de um nabo oco, para que conseguisse ver a luz que iluminava a sua alma e o seu caminho.

Esta tradição irlandesa foi levada para os Estados Unidos na década de 1940 mas, quando os irlandeses repararam que não existiam muito nabos, mas sim abóboras em abundância, fizeram a substituição.

E assim a abóbora tornou-se num dos principais símbolos do Halloween.

Fonte

O Bater do Coração

Publicado em Atualizado em

Tentei juntar tudo o que sabia de Laura e da “mutação” que a sua personalidade sofreu. Comecei a escrever a nossa história para muito antes… O antes de nos conhecermos. Tentando imaginar como terá sido aquela experiência no cruzeiro. Nunca tinha feito nenhum pelo que imaginar seria como ter ganho o euromilhões… A imaginação era como ter um bilhete de graça para qualquer mundo. O nosso mundo!

http://diogosimoeswrite.wordpress.com/

(Re)Conhecer #Leiria– c/fotografias (Parte 2/2)

Publicado em Atualizado em

Continuemos com o que coloquei ontem, e, se não viste, vê já a Parte 1 Smiley de boca aberta 

Depois de vos ter mostrado Leiria em altura de cheia, o antigo teatro, antigo cinema e antigas instalações do Liceu de Leiria e uma das salas de aula cá ficam mais algumas imagens!

DSC_3393

Posso dizer que o Teatro hoje está, obviamente, diferente apesar de ser espantoso de como se manteve fiel ao projeto inicial.

DSC_3394DSC_3395DSC_3396

Leia o resto deste artigo »

(Re)Conhecer #Leiria– c/fotografias (Parte 1/2)

Publicado em Atualizado em

Foi na semana passada que visitei o MIMO que tinha já mudado de instalações pelo ano passado. O que lá fui fazer foi ver a exposição da obra que a minha tia passou da mão, para o computador, de uma figura conhecida no que toca às Memórias de Leiria e é isso que vos venho mostrar, com algumas das fotografias.

DSC_3440

Leia o resto deste artigo »