coisas dos pais

O Desaparecido Saúda 2015

Publicado em Atualizado em

image

Olá a todos meus caros leitores.
Pois é, eu bem sei que ando desaparecido e ainda mais estupefacto fiquei quando vi que o meu último post era sobre… era sobre a Maquilhagem e os Homens (se não sabes do que estou a falar, da uma olhadela ). Claro que não podia deixar de vos comunicar para além daquela publicação feita em novembro.
Pois é, novembro… Foi em novembro que falei pela última fez e já estamos praticamente em fevereiro e eu sem vos dar nenhuma novidade. Pois bem, cá vão elas:

1o: Estou no telemóvel pelo que a numeração terá de ser assim… ;
2o: A passagem de ano foi no Porto junto de malta amiga e que está no coração;
3o: Estou vivo e de primeiro semestre feito. É verdade. Depois de uma interrupção letiva (sim, porque na universidade bem que podemos esquecer as “férias de natal”), tive cheio de frequências e trabalhos sendo que, depois de muito estudo, lá fiquei de férias dia 16 deste mês;
4o: Fiz um segundo lançamento do meu livro na Fnac do Leiria Shopping no dia 16. Correu tudo bem e podem ver as coisas aqui ;
5o: Passei estes dias a pôr séries em dia enquanto dava forças à minha fantabulástica namorada para a sua defesa do estágio. Já ficou despachada hoje 😀 (love you babe)
6o: Depois de estarmos ambos de férias conseguimos estar finalmente os dois juntos. É verdade. Estou aqui, a escrever isto sobre o seu olhar atento, na Azambuja. A minha mãe parecia que me ia mandar para a China e parecia querer que levasse o frigorífico atrás… Mas, bem, cá cheguei eu. Inteiro e no quente do aquecedor porque a chuva ☔ é nossa companhia neste fim de semana (EU AMO CHUVA).

Vou-me despedir por agora prometendo trazer novidades e mais disparates.

P.S.: A Andreia não tem vindo cá escrever mas não a matei!!!! Prometo que ela vai vir cá.

Beijos e Abraços,
Diogo

Anúncios

“Tem juízo!”

Publicado em Atualizado em

beberpouco1

“Tem juízo!” deve ser a expressão que anda na moda. Quer esteja eu em conversa com os meus amigos ou os meus pais, lá está ela. A espreitar por entre as palavras ditas.

Claro que isto tem mais acontecido com a minha mãe. Estava eu a dizer-lhe que iria em princípio ao Porto, a explicar as coisas quase completas do que iria acontecer. É que quero eu ir ter com o meu mano, né?, e, depois de um belo discurso pensado e articulado, ela simplesmente me responde, meio a sorrir: “Tem juízo!”.

Resumindo: fiquem sem saber o que pensava ela. Mas farei questão de esta semana a bombardear todos os dias. Adiante…

Também esta expressão aparece quando me refiro à minha namorada e anuncio algum plano que tenha com ela. Quer seja lanchar, passar a tarde juntos ou uma sessão de cinema. Se eu comentar com a minha mãe… bem, é certo que ela, a sorrir, dirá… dirá o quê? TEM JUÍZO!  Eu não sei o que pensa ela que eu vá fazer (pronto, eu na verdade até sei), mas estar sempre a dizer só dá um ar de graça à coisa (que má escolha de palavras).

Enfim…

Vocês também têm destes… destes “episódios aventureiros” com os vossos pais?