Halloween

#Halloween– Rir com a Ellen (Parte 1 e 3)

Publicado em

 

Olá a todos.

Bem sei que hoje já não é Halloween bem como sei que, infelizmente, já não é feriado cá em Portugal.

Apesar disso, ontem era suposto ser publicado 4 posts alusivos aos vídeos da Ellen sobre esta mesma quadra festiva, mas, devido a alguns problemas no WordPress tal não aconteceu – apenas foram publicados a Parte 2 e Parte 4.

Sendo assim, cá ficam os vídeos restantes Smiley piscando

#Halloween– Rir com a Ellen (Parte 1)

E tal como prometi, cá fica alguns dos vídeos que vos trarei no decorrer da noite de hoje (ontem).

E que tal começamos com uma visita a uma casa assombrada com a Amy, uma das escritoras do programa, e do Andy, um dos produtores do programa?

Divirtam-se Smiley piscando

#Halloween– Rir com a Ellen (Parte 3)

Estou certo que sabem, ou que estão ocorrentes das últimas “tendências/polémicas” no que toca à tecnologia e famosos (Miley Cyrus). Como tal, a Ellen teve a liberdade de dar algumas ideias no vestuário desta data festiva.

E o que acham o vestuário da Ellen do dia de ontem?

Scary Horror Stories: #Halloween – D.E.P”

Publicado em Atualizado em

Capturar (3)

“D.E.P”

Sempre a correr, a Eva e a Vanessa chegaram mesmo em cima da hora à estação e ainda tinham de comprar o bilhete. Destino: a praia. Foram até às máquinas automáticas, mas não conseguiram encontrar o seu destino. ” Não pode ser, tenta outra vez! “. Depois de percorrerem mais três vezes as listas com todos os destinos, acabaram por encontrá-lo! ” Carrega, depressa! “. Estavam prestes a perder o comboio e os nervos estavam a aumentar. A máquina fazia coisas muito estranhas, Não obedecia! ” Não me deixa marcar dois bilhetes! “

” Bem, então compramos um de cada vez, despacha-te! “. Por fim, a Eva conseguiu comprar o seu bilhete… Agora só faltava o da Vanessa. Pela segunda vez, a rapariga procurava o seu destino. ” Mas isto diz D.E.P. em todo o lado! O que é D.E.P.? Onde está o nosso destino? “. Mesmo no último momento, a Vanessa encontrou-o e comprou o bilhete. Só faltava recolhê-lo e saíam a correr para o comboio. Mas… não podia ser! O que seria aquilo?! Uma brincadeira de mau gosto? A Vanessa recolhia o seu bilhete horrorizada pois estava manchado de sangue e dizia:” Menina Vanessa Garcia, Descanse Em Paz. Nunca mais voltaremos a vê-la. ” Pouco depois, a Vanessa morreu de uma causa desconhecida…

Scary Horror Stories: Halloween » O Rolo

Scary Horror Stories:Halloween – ”Humanos Também Sabem Lamber”

Scary Horror Stories: Halloween– Os Três Dedos

Scary Horror Stories: #Halloween – Os Espelhos

Scary Horror Stories: #Halloween – Morreu

Scary Horror Stories: Halloween (Especial)–“As flores da Morte” e “O Baile”

Scary Horror Stories: #Halloween (Especial) – As flores da Morte e O Baile

Publicado em Atualizado em

Capturar (3)

As flores da morte

Conta-se que uma moça estava muito doente e teve que ser internada em um hospital. Desenganada pelos médicos, a família não queria que a moça soubesse que iria morrer. Todos seus amigos já sabiam. Menos ela. E para todo mundo que ela perguntava se ia morrer, a afirmação era negada.

Depois de muito receber visitas, ela pediu durante uma oração que lhe enviassem flores. Queria rosas brancas se fosse voltar para casa, rosas amarelas se fosse ficar mais um tempo no hospital e estivesse em estado grave, e rosas vermelhas se estivesse próxima sua morte.

Certa hora, bate a porta de seu quarto uma mulher e entrega a mãe da moça um maço de rosas vermelhas murchas e sem vida. A mulher se identifica como “mãe da Berenice”. Nesse meio de tempo, a moça que estava dormindo acordou, e a mãe avisou pra ela que a mulher havia deixado o buquê de rosas, sem saber do pedido da filha feito em oração.

Ela ficou com uma cara de espanto quando foi informada pela mãe que quem havia trazido as rosas era a mãe da Berenice. A única coisa que a moça conseguiu responder era que a mãe da Berenice estava morta há 10 anos.

A moça morreu naquela mesma noite. No hospital ninguém viu a tal mulher entrando ou saindo.

O Baile

Era um sábado à noite… O baile iria começar às 23:00 hs. Todos chiques, bem arrumados, vestidos para uma noite de gala. Mulheres lindas, homens charmosos.

Richard tinha ido ao baile sozinho. Não tinha namorada, apesar de ser muito bonito. No baile conheceu uma moça muito bonita que estava sozinha e procurava alguém com quem dançar.

Richard dançou com ela a noite toda, e conversaram por muito tempo. Acabaram se apaixonando naquela noite, mas tudo só ficou na conversa e no romantismo. No final do baile, Richard prometeu que levaria a moça embora, mas de repente ela sumiu. Ele procurou-a por todo o salão por muito tempo. Como não encontrou, desistiu e foi embora.

No caminho para sua casa, ainda muito triste, ele passou em frente ao cemitério e viu a moça entrando lá. Desconfiou do que tinha visto… suspeitou que fosse o cansaço e que estivesse sonhando.

Quando Richard chegou em casa, ele não conseguia dormir, nem parava de pensar na cena que tinha visto da moça entrando no cemitério.

Quando amanheceu o dia, Richard não se conteve e foi ao cemitério. Estava vazio e ele não encontrou ninguém. Passando por um dos túmulos, ele encontrou a foto da garota, vestida como no baile. E lá estava registrado que ela tinha morrido há dez anos.

E um detalhe: Ninguém viu a moça com que Richard dançou a noite toda, a não ser ele. Ninguém mais viu a tal mulher entrando ou saindo.

A próxima é às 1h00m (1:00 AM)

Podem ler também:

Scary Horror Stories: Halloween » O Rolo

Scary Horror Stories:Halloween – ”Humanos Também Sabem Lamber”

Scary Horror Stories: Halloween– Os Três Dedos

Scary Horror Stories: #Halloween – Os Espelhos

Scary Horror Stories: #Halloween – Morreu

Scary Horror Stories: Halloween – Morreu”

Publicado em Atualizado em

Capturar (3)

Quando eu tinha uns 8 anos, não tinha muito medo das coisas. Um dia acordei de madrugada para beber água, a cozinha fica um pouco longe do meu quarto, quando passei pelo corredor, olhei para a porta da sala e avistei uma coisa muito brilhante que iluminava a sala toda, tinha uma forma de um ser humano, fiquei olhando durante uns 2 minutos, depois sem querer espirrei e aquele ser estranho desapareceu do nada, fique muito assustada e fui beber água para ficar mais tranquila.

Bebi a água e voltei para o meu quarto, deitei-me na minha cama e continuei pensando naquilo. De repente ouvi uma voz muito sinistra que gritava o meu nome e falava alguma coisa que alguém morreria, não entendi muito bem, então comecei a rezar  e quanto mais eu rezava mais aquela voz aumentava, então comecei a suar muito, parecia que alguém tinha entrado dentro de mim, então comecei a gritar, e gritei muito, mas muito até que minha mãe chegou ao meu quarto e me viu tremendo e toda suada, ela me perguntou o que havia acontecido mas eu não conseguia falar, então ela começou a rezar e eu fui parando de tremer, passaram-se 5 minutos que eu não tremia e minha mãe tinha parado de rezar, foi então que eu achei que nada mais iria acontecer comigo, foi ai que eu dei um grito e comecei a tremer de novo e desmaiei, minha mãe apavorada chamou o meu pai e telefonou para as minha tias, já era umas 5 horas da manhã e minhas tias apavoradas, então minha mãe mandou o meu pai me pegar e me colocar no chão e a minha mãe pegou varias bíblias e velas e colocou em volta de mim, minhas tias e minha mãe começaram a rezar e nada adiantava, sorte que a minha mãe lembrou que um padre morava no andar de baixo e chamou ele para ver o que estava acontecendo comigo, eles começaram a rezar e eu acordei e comecei a gemer de novo, então o padre fez alguma coisa que eu parei de repente, então passou alguns minuto e eles ouviram uns gritos e eu acordei. No dia seguinte ligaram para a minha mãe falando que o padre que me salvou tinha morrido misteriosamente, e eu sempre achei que era eu quem ia morrer.

Até hoje eu nunca descobri o que aconteceu comigo ou o que era aquela imagem, já faz 8 anos que eu procuro saber o que era aquilo e porque aquele padre morreu.

A próxima é á 00h30min (0:30 AM)

Podem ler as anteriores:

Scary Horror Stories: Halloween » O Rolo

Scary Horror Stories:Halloween – ”Humanos Também Sabem Lamber”

Scary Horror Stories: Halloween– Os Três Dedos

Scary Horror Stories: #Halloween – Os Espelhos

 

Scary Horror Stories: #Halloween – Os Espelhos

Publicado em Atualizado em

Capturar (3)

clip_image001Havia um caçador que depois de um longo dia de caça, encontrava-se perdido no meio da imensa floresta. Estava ficando escuro, e por conta do desespero estava começando a perder seus sentidos, afinal o medo de se perder e acabar virando a caça de alguns animais selvagens que viviam ali o fazia esquecer-se completamente de seu destino: Caçar.
Depois do que pareceram horas caminhando sem rumo algum, ele se deparou com uma cabana com uma pequena clareira. Percebendo o quão a noite envolvia mais e mais a floresta, ele decidiu ficar lá para passar apenas aquela noite.
Encontrou a porta entreaberta. Perguntou se havia alguém lá dentro.

Havia um caçador que depois de um longo dia de caça, encontrava-se perdido no meio da imensa floresta. Estava ficando escuro, e por conta do desespero estava começando a perder seus sentidos, afinal o medo de se perder e acabar virando a caça de alguns animais selvagens que viviam ali o fazia esquecer-se completamente de seu destino: Caçar.
Depois do que pareceram horas caminhando sem rumo algum, ele se deparou com uma cabana com uma pequena clareira. Percebendo o quão a noite envolvia mais e mais a floresta, ele decidiu ficar lá para passar apenas aquela noite.
Encontrou a porta entreaberta. Perguntou se havia alguém lá dentro. Ninguém respondeu, ninguém estava lá. O caçador entrou na casa e desabou sobre uma cama que ali estava. Quando ele olhou ao redor , ficou surpreso ao ver as paredes adornadas por vários retratos, todos pintados com detalhes incríveis, o que era estranho de se enxergar mesmo durante a noite. Sem exceção, eles pareciam estar olhando para ele, suas características destorcidas em olhares de ódio e malícia. O caçador fez um esforço e concentrou-se para ignorar as muitas faces de ódio que ali haviam. O caçador entrou em um sono profundo durando toda a densa noite. Na manhã seguinte, o caçador acorda. Algo estava errado. No momento que os raios de sol iluminaram o local por completo, ele descobriu que alí não havia nenhum retrato, apenas grandes e numerosas janelas…

A próxima  (e última) é às 00h00 (00:00 AM)

Podem ler também:

Scary Horror Stories: Halloween » O Rolo

 

Scary Horror Stories:Halloween – ”Humanos Também Sabem Lamber”

Scary Horror Stories: Halloween– Os Três Dedos

Scary Horror Stories: #Halloween– Os Três Dedos

Publicado em Atualizado em

Capturar (3)

Num dia na escola, um rapaz chamado Bruno estava sentado na sua cadeira durante a aula de matemática. Faltavam seis minutos para a aula terminar. Enquanto ele fazia os exercícios, uma coisa chamou sua atenção.
A mesa dele era ao lado da janela, ele virou-se e olhou para o pátio do lado de fora. Tinha algo que parecia uma foto caída no chão. Quando a aula acabou, ele correu até o lugar que ele tinha visto a foto. Correu o mais rápido que podia para que ninguém pegasse nela antes dele.
Ele pegou a foto e sorriu. Na foto havia a imagem da rapariga mais linda que ele tinha visto. Tinha um vestido apertado e uma sandália vermelha, o seu cabelo era ondulado e sua mão direita tinha um sinal de “V” formado com os dedos indicadores.
Ela era tão linda que ele a quis conhecer, então ele percorreu toda a escola perguntado para todos que passavam se alguém já tinha visto aquela rapariga. Mas todos respondiam “Não”. Ele estava arrasado.
Quando chegou a casa, ele perguntou para sua irmã mais velha se ela a conhecia, mas infelizmente ela também disse “Não.” Já sendo tarde, Bruno subiu as escadas, colocou a fotografia na cabeceira de sua cama e dormiu.
No meio da noite Bruno foi acordado por um barulho na janela. Era como uma unha batendo. Ele ficou com medo. Após as batidas ele ouviu uma risadinha. Ele viu uma sombra próxima à sua janela, então ele saiu da cama, ele andou até a janela, abriu e procurou pelo lugar que vinha a riso, não havia nada e o riso parou.
No dia seguinte ele foi perguntar para seus vizinhos se eles conheciam a rapariga. Todos disseram “Desculpe, não.”. Ele perguntou até mesmo para sua mãe assim que ela chegou a casa. Ela disse “Não.”. Ele foi para o quarto, colocou a foto na cabeceira e dormiu.
Novamente, foi acordado pelas batidas na janela. Ele pegou a foto e seguiu os risos. Ele saiu, desceu as escadas, saiu de casa pela porta e foi atravessar a rua quando de repente foi atingido por um carro. Ele estava morto com a fotografia nas suas mãos.
O motorista do carro saiu e tentou ajudar, mas era tarde demais.

De repente o motorista vê uma fotografia e pega nela.
Ele vê uma linda garota com três dedos levantados.

A próxima é às 23h30m (11:30 PM)

Podem ler também:

Scary Horror Stories: Halloween » O Rolo

 

Scary Horror Stories:Halloween – ”Humanos Também Sabem Lamber”

Scary Horror Stories: Halloween– “Corpo branco, olhos vermelhos”

Scary Horror Stories: #Halloween– “Corpo branco, olhos vermelhos”

Publicado em Atualizado em

Capturar (3)

Um jovem empresário, numa viagem de negócios passa por uma estrada. Cai a noite e ele para na frente de um hotel.
Decidindo que seria mais seguro não conduzir de noite em estradas sem iluminação, decide passar a noite no hotel.
Dirige ao balcão e é prontamente atendido por uma simpática garota. Ela dá a chave do último quarto do corredor.
Quando está no caminho para seu quarto, ele nota que, de frente para o seu, há um quarto sem marcação (número). Com curiosidade ele olha pela fechadura do quarto e vê uma mulher extremamente pálida de costas para a porta, olhando para a janela.
Sem nada para estranhar, vai dormir.
No outro dia ele acorda e resolve olhar de novo, e tudo que vê é vermelho(?!), ele logo pensa: “Provavelmente a mulher notou que eu estava olhando e colocou algo vermelho para bloquear a fechadura.”
Depois, não aguentando a curiosidade, ele, quando já está saindo do hotel, pergunta à rapariga que fica no balcão:
“Quem é aquela mulher do quarto à frente do meu? “
A rapariga, olha e surpresa responde:
“Naquele quarto, uma vez ficou uma família, o pai assassinou a mulher e os filhos mataram-se depois. E a característica mais marcante era que eles todos tinham o corpo branco, exceto pelos olhos que eram vermelhos.”.

A próxima é às 23h (11 PM)

Podem ler também:

Scary Horror Stories: Halloween » O Rolo

Scary Horror Stories:Halloween – ”Humanos Também Sabem Lamber”

Scary Horror Stories: #Halloween » “Humanos Também Sabem Lamber”

Publicado em Atualizado em

Capturar

Uma pequena rapariga estava sozinha em casa com seu cão para a proteger. Quando a noite chegou, ela trancou todas as portas e tentou trancar todas as janelas mas uma se recusava a fechar.
Ela decidiu deixar a janela destrancada e então foi para cama. O seu cão tomou seu lugar de costume em baixo da cama.
No meio da noite ela acorda por causa de um som de gotas vindo da casa de banho. A rapariga…, muito assustada para ir ver o que era, estende a mão para baixo da cama. Ela sentiu a lambida de seu cachorro e então voltou a dormir. Ela acorda novamente por causa do som das gotas, estende sua mão para baixo da cama, sente a lambida de seu cachorro e volta a dormir. Mais uma vez ela acorda, estende a mão e sente a lambida.
Já curiosa sobre o som das gotas, levanta-se e anda lentamente até à casa de banho, o som dos pingos foi ficando mais alto de acordo com o que ela se ia aproximando. Por fim chegou à casa de banho e liga a luz. Ela é recebida por um horrível sinal; pendurado no chuveiro estava o seu cão com a garganta cortada e o sangue caindo na banheira.
No espelho da casa de banho, algo chamou a sua atenção e ela virou-se. Escrito no espelho, com o sangue de seu cão, estavam as palavras “HUMANOS TAMBÉM SABEM LAMBER”

A próxima é às 22h30 (10:30 PM)

Podem ler também:

Scary Horror Stories: Halloween » O Rolo