cinema

Aventuras na Capital – Parte II

Publicado em

Por Andreia Firmino

Chegámos a Lisboa e chovia torrencialmente, sentia-se um vento cortante que só dava vontade de nos abrigarmos. “Vamos para dentro do shopping, ao menos lá está quente” disse o Diogo e lá fomos nós, lojas de roupa e acessórios para mim, Fnac e Bertrand para ele. Depois de irmos comprar os bilhetes para o filme que íamos ver já se via na rua um céu azul convidativo a um passeio e aí fomos nós passear pelo Parque das Nações. O vento continuava cortante, mas nada que não se aguentasse e a andar nós aquecíamos. Depois de umas dezenas de fotos tiradas eis que o meu namorado teve uma brilhante ideia (nada de brilhante, o que esquece ao diabo lembra-lhe a ele), ir procurar a Sony Portugal. Ligou o GPS do seu Xperia Z2 (mais um beijinho à pala desta referência) e aí fomos nós à descoberta. Andámos, andámos, andámos… E andámos para bater com o nariz na porta de um prédio, prédio cujo penúltimo andar acolhe a Sony Portugal. Mas pronto, o rapaz ficou feliz e só isso já vale qualquer esforço.

Voltámos ao shopping e fomos enfiar-nos no conforto de uma sala de cinema (que em dias chuvosos e frios sabe ainda melhor) a ver O Excêntrico Mortdecai. Não era a nossa primeira escolha, mas valeu a pena, valeu pelo menos umas boas gargalhadas (apesar de, confesso, me rir mais do Diogo a rir do que do próprio filme).

O filme acabou, saímos do conforto e quentinho da sala de cinema e fomos até à gélida estação de comboio. Muitas paragens depois lá chegámos ao destino, Azambuja para ser mais específica, e fomos jantar com uns amigos meus. Pizza foi a ementa!!

Chegámos a casa já era tarde, mas mesmo assim ainda fomos ver um episódio de Castle (acho eu, sinceramente agora estou um pouco baralhada). No domingo, para além de um encontro entre o Diogo e a minha afilhada que do alto dos seus 3 anos diz “há dois Diogos e eu não gosto do Diogo da madrinha”, não fizemos muito mais do que estar abraçados a ver Mr. Bean e Castle, aproveitando cada minuto. Porque… Quem não gosta de abraços?

Não vos consigo transmitir por palavras exatamente tudo o que se viveu neste fim-de-semana, mas pode ser que o meu excelentíssimo namorado vos venha dar a perspetiva dele da história. 😉

Beijinhos, abraços e muitos palhaços (ou amassos).

#Apps Que Não Podem Faltar no Vosso #SmartPhone #16 (iOS e Android)

Publicado em

Boa tarde! Vamos a mais uma rodada de Apps?

NOTA: TODAS AS APLICAÇÕES QUE SÃO REFERIDAS EM TODOS OS POSTS DESTE SEGMENTO FORAM EXPERIMENTADOS USANDO DISPOSITIVOS ANDROID!

life quotes

Se vocês gostam de acordar de manhã e ser inspirados de alguma maneira ou, com isso, inspirar os outros, Life Quotes será a melhor opção para isso.

Com frases fantásticas e que por vezes nos fazem pensar, começam o dia da melhor maneira. Além do mais podem partilhar as vossas frases favoritas (porque vocês até as podem guardar) com os vossos amigos. Experimenta 😉

 

life 

Available_on_the_App_Store_(black) googlePlay

(NOTA: A aplicação que coloquei link para o sistema iOS não é dos mesmos criadores da aplicação para Android. A aplicação que vão encontrar é “Life Quotes!” e apresenta as mesmas funcionalidades que a aplicação para Android)

dead trigger 2

“* App Store – Best of 2013*”

Se procuram por jogar no vosso smartphone nas vossas horas livres, tenho-vos a apresentar um jogo de zombies que, para além de uns ótimos gráficos, a sua jogabilidade é fantástica.

O melhor mesmo será experimentarem e porem os olhos neste belo jogo e, bem, preparem-se para entrarem na “Global Zombie Warfare”

 

dead

Available_on_the_App_Store_(black) googlePlay

moment cam

 

Adoram fotografias? Adoram divertir-se com os vossos amigos? Ou até mesmo com as vossas próprias fotografias?

Pois bem, Moment Cam permite que usem a vossa cara nos “cartoons” que estão disponíveis na aplicação. São mesmo muitos e todos eles fantásticos. Acho que o melhor mesmo é serem vocês a visitar a página da aplicação nas respetivas lojas (iOS e Android) e tirarem as vossas próprias conclusões.

moment 1

Available_on_the_App_Store_(black) googlePlay

cm

Eu já vos mostrei o Clean Master(Cleaner), o Battery Doctor(Battery Saver) e, agora chegou a vez da nova aplicação: é algo como um anti-virus que verifica as vossas aplicações, procurando por eventuais problemas que elas possam, eventualmente, ter.

Eu tenho desde que saiu e estou satisfeito. Experimentem 😉

 

 

cm1

 googlePlay

Se quiseres ver as anteriores basta carregar na imagem em baixo ;)

NOTA: TODAS AS APLICAÇÕES QUE SÃO REFERIDAS EM TODOS OS POSTS DESTE SEGMENTO FORAM EXPERIMENTADOS USANDO DISPOSITIVOS ANDROID!

google-play-store logo

#Apps Que Não Podem Faltar no Vosso #SmartPhone #15 (iOS e Android)

Publicado em Atualizado em

Boa tarde! Vamos a mais uma rodada de Apps?

NOTA: TODAS AS APLICAÇÕES QUE SÃO REFERIDAS EM TODOS OS POSTS DESTE SEGMENTO FORAM EXPERIMENTADOS USANDO DISPOSITIVOS ANDROID!

 

1se

Se existe aplicação que me despertou o interesse quando soube dela foi a 1 Second Everyday. E o que faz esta aplicação?

Bem, tal como o próprio nome indica, ela permite gravar 1 segundo todos os dias para que, no final do mês ou do ano tenham um vídeo.

A aplicação é bastante boa e vale a pena pagar os $0.99 (perto de 0.73€) depois do período de teste (30 dias). A única coisa que não gostei foi o facto de não termos a possibilidade de, juntamente com o vídeo, termos alguma música a acompanhar. A resposta que os desenvolvedores da app dizem é que, é de facto um “ponto negativo”, mas a verdade é que existe diversas aplicações de edição de vídeo que vos permitem fazer as edições que quiserem. Mas atenção! Não se esqueçam que, se colocarem música e partilharem o vídeo o mais certo é esse acabar depois a ser removido pela violação dos direitos de autores. Fica a dica.

Available_on_the_App_Store_(black) googlePlay

battery doctor

A saúde da vossa bateria é uma coisa que vos preocupa? Pois é! A mim é algo que sim, e muito.

É sempre importante termos atenção aos carregamentos da nossa bateria e, como esta aplicação, isso torna-se bem mais fácil. Ao longo do dia poderão “Assassinar” as aplicações que estão abertas e assim conservar mais algum tempo de bateria. Mas não é só isso! Do que mais gostei desta aplicação foi os carregamentos, sendo que ao longo do mês somos notificados se submetemos a bateria a uma carga “normal”, “completa” ou, o contrário, se a “sobrecarregamos.”

A aplicação funciona agora para smartphones sem root, pelo que será uma mais valia para os vossos dispositivos móveis!

Available_on_the_App_Store_(black) googlePlay 

cinema

Adoram cinema? Então esta é a app ideal para vos acompanhar.

É certo que só funciona com acesso à internet, mas se estão afim de ir ao cinema e querem saber os cinemas mais próximos, horários e filmes em exibição esta deverá ser a melhor aplicação portuguesa para o efeito.

 

 

Available_on_the_App_Store_(black) googlePlay

farm story

 

Se és adepto de jogos de simulação, este jogo é o ideal para ti. Para além de ser engraçado no que toca às suas funções (que, já agora, é um jogo que funciona muitíssimo bem), apenas é preciso irem algumas vezes ao dia, evoluindo no jogo e matando o bichinho de jogar qualquer coisinha no vosso smartphone.

 

 

Available_on_the_App_Store_(black) googlePlay 

Facebook

 

Nos dias de hoje penso que é seguro eu dizer que entre 50 pessoas, possivelmente 5 não têm Facebook. E para que me serve dizer isto? Pois se existe aplicação que vem já pré-instalada nos nossos smartphones essa é a app do Facebook, e, uma outra app bastante boa é o Facebook Messenger que, para mim, é das melhores aplicações de troca de mensagens dos últimos tempos.

A aplicação foi redesenhada (ficando 100% perfeita) e funciona sem quaisquer problemas.

Acho que o melhor é experimentarem vocês mesmos para saberem do que vos estou a falar.

Available_on_the_App_Store_(black) googlePlay

Flickr

 

Se vocês são amantes da fotografia e estão um bocadinho fartos que o Instagram vos corte as imagens e, com isso, reduzir a qualidade da mesma, deixo-vos a fantástica rede social Flickr.

Tenho que confessar que a aplicação deixa bastante a desejar quando comparamos à sua versão “desktop” (http://www.flickr.com/). Contudo, não deixa de ser uma má aplicação. O melhor é instalarem e verem por vocês mesmos. De qualquer das maneiras, espero ver em breve uma atualização que melhore, essencialmente, a apresentação!

Available_on_the_App_Store_(black) googlePlay

Gostam de jogos de adivinhas? Pois bem, os jogos que vos deixo em baixo são ótimos para testarmos os nossos conhecimentos e os dos outros. E, se tivermos alguma dúvida basta partilharmos numa rede social que a resposta surgirá em breve por um dos nossos amigos! Experimentem 😉 A aplicação tem um visual muito muito bom e, a nível de conteúdo é algo que se expande facilmente com atualizações.

gesse brand

 googlePlayAvailable_on_the_App_Store_(black)

guesse places

googlePlayAvailable_on_the_App_Store_(black)

Se quiseres ver as anteriores basta carregar na imagem em baixo 😉

NOTA: TODAS AS APLICAÇÕES QUE SÃO REFERIDAS EM TODOS OS POSTS DESTE SEGMENTO FORAM EXPERIMENTADOS USANDO DISPOSITIVOS ANDROID!

google-play-store logo

Último Dia de Aulas e o Baile de Finalistas

Publicado em Atualizado em

Eu sei que vos tenho prometido falar destes dois dias e que me tenho desleixado, mas confesso que falar deles dá-me uma certa tristeza por aquilo que representou para todos nós.

Digo isto porquê?

Pois bem, o último dia de aulas no secundário é sempre algo de grande tristeza, e muitos podem perguntar porquê, outros até dizer que mais há por vir. E ambos estão certos, mas deixar para trás pessoas que viveram conosco 3 anos intensos quer de brincadeiras, dramas, cumplicidades, quer de planeamento do futuro que foi, em parte, construído nestes processos de socialização ao longo daquilo que sei que, para nós, foram em parte os melhores 3 anos das nossas vidas. Os 3 anos em que crescemos e aprendemos em conjunto e com, felizmente, os fantásticos professores que nos acompanharam.

Este dia foi difícil sim, com muitas choradeiras, os que se faziam de fortes (setas para mim) e os que choravam em silêncio por agora, cada um de nós, ir a seguir caminhos separados. Caminhos que só têm um sentido!

Claro que nem tudo é triste, porque no dia a seguir íamos para um baile de finalistas – o nosso baile de finalistas – que juntava ambas as escolas secundárias – o Liceu e a Comercial.

Acho que todos nós ficamos impressionados, eu pelo menos, com os vestidos curtos e alguns ousados das raparigas que, meu Deus… acho que todos os homens se sentiam que estavam no paraíso. A verdade, era que parecíamos que estávamos numa cerimónia dos Óscares, mas…. sabem que mais? O cinema era mesmo o tema do Baile de Finalistas do 12º Ano.

Leia o resto deste artigo »

#Cinema: The Host (Nómada)

Publicado em

The_Host_Poster

Olá a todos, eu tinha mesmo que aqui vir para vos dar a opinião do filme que fui ver ontem ao Cinema City.

Primeiro tenho-vos a dizer que adorei por completo. Contudo, para dizer isto deixem-me justificar, recuando uns anos atrás quando li o livro…

 

 

 

200px-The_HostDeixem-me dizer-vos que estava bastante animado por a Stephenie Meyer ir fazer um livro tão diferente ao escrever sobre ficção cientifica. Além do mais era uma história completamente diferente daqueles que já tinha sido criada.

Quem o comprou foi a minha tia sendo que eu li depois. Confesso que quando peguei nele me custou a perceber como é que aquilo estava escrito pois estava muitas vezes a personagem a pensar e a falar – Melanie – e outras vezes a hospedeira – Nómada (Noa).

Quando acabei de ler o livro, o meu pensamento foi: isto é sem dúvida uma história muito melhor do que a série anterior criadas pela escritora – A Saga Luz e Escuridão, ou conhecida no cinema ridiculamente por Saga Twilight (deveria ser Luz e Escuridão).

A obra parecia-me muito mais complexa. Era certo que era por vezes meio enfadonha, mas a história estava muito bem criada. Como tal, quando soube da sua adaptação para cinema fiquei contente mas reticente pois como é que eles iriam transpor esta obra extensa para o grande ecrã?

the-host-poster5

Começando então, pela pergunta mais óbvia e que comecei por colocar em cima, eles de facto colocaram uma outra voz a falar dentro do corpo da Melanie, fazendo esta o papel de Nómada (Noa).

O resultado no início fica algo de estranho mas revelou-se ao longo do filme algo bastante cómico pelos diálogos entre ambas as “diferentes almas” com as situações com que se vão deparando. Aliás, o filme até permite bastante riso entre os diálogos das personagens e só vos tenho a dizer que o elenco está muito bem escolhido.

A classificação do filme é para maiores de 12 anos, mas posso dizer que acho que seria melhor aumentar a idade para mais dois anos por existirem umas duas cenas um pouco violentas para os de 12 anos. As cenas são mesmo fortes no contexto em que acontece a prestação dos atores foi fantástica e toda a banda sonora que acompanhou essa cena também. Basicamente eles eram para serem apanhados pelos Batedores mas para não dar os seus corpos para novas almas, decidem matar-se, indo contra um muro. É algo bastante dramático.

Como devem calcular, eu já li mais uns cem livros depois de Nómada pelo que, o facto de não me lembrar tão bem do livro pode ter permitido que gostasse bastante do filme por não me lembrar de alguns dos pormenores.  Contudo, tenho que dizer que me lembro muito bem de duas cenas que tive pena de não estarem no grande ecrã. Mas o filme tinha 2 horas. Penso que não tinham meios de as colocar.

Uma das cenas é quando ela fala dos mundos onde esteve: no da água, no das aranhas e por aí fora (só me lembro destes dois Smiley mostrando a língua ) e, outra cena, é quando os dois rapazes principais – um apaixonado por Noa e outro pela Melanie – lhe oferecem cereais ao mesmo tempo, de um modo competitivo porque ambos estão apaixonados pela mesma pessoa, mas por almas diferentes. Confuso, não é? Pois é! Mas no filme isso é muito bem retratado em vários diálogos que nos permite imaginar como nós éramos se fossemos feitos reféns de uma bactéria que tomasse o nosso corpo dela (por exemplo).

O final foi bastante emocionante por vermos Melanie/Noa deitadas na maca do Doc. para devolver o corpo à Melanie e para o Doc. a deixar morrer (depois acontece aqui algo crucial para o desenvolvimento que não vos digo Smiley mostrando a língua). Esta cena existe um diálogo mais profundo entre Melanie e Noa em que ambas estão gratas por se terem conhecido. A própria Melanie já não queria que ela fizesse aquilo…

Não me quero alongar mais para não vos estar a dar mais spoilers para os que não lerem, mas o filme vale mesmo a pena. Todo o ambiente está muito bem criado e o clima de romance está muito bem feito por não estar exagerado. Tudo acontece muito rápido mas foi tudo muito bem feito. Compreendo agora o porquê de demorarem tanto tempo na pré-produção do filme.

Planos para um segundo: Stephenie Meyer, só te digo que és uma preguiçosa! Já passaram quase 6 anos desde o último e até agora só tens 3 capítulos do 2º livro??? Como é que isso acontece?

O facto é que o filme acaba como uma cena que nos deixa a imaginar de como será agora? Será que os humanos num terceiro filme se irão todos revoltar para expulsar os invasores do nosso planeta? E o que acontece às almas que se juntaram aos humanos por se apaixonarem por eles e terem pena de nós? É algo que espero mesmo ver desenvolvido. Penso que agora existe uma liberdade melhor até porque neste filme eles tiveram que introduzir este novo mundo aos que não lerem os livros e esse é mais um dos motivos por achar que foi tudo muito bem selecionado.

Gostava também de saber como eram os outros mundos, até porque sou um ser humano e penso que represento todos nesta questão. Porque apesar de isto ser tudo fantasia, imaginação e ficção cientifica, estamos sempre curiosos ao que será o mundo lá fora. E se tivermos mais uma perceção de mais um filme de ficção cientifica que é tão diferente dos outros, porque não introduzir essas perguntas num segundo filme?

(Re)Conhecer #Leiria– c/fotografias (Parte 2/2)

Publicado em Atualizado em

Continuemos com o que coloquei ontem, e, se não viste, vê já a Parte 1 Smiley de boca aberta 

Depois de vos ter mostrado Leiria em altura de cheia, o antigo teatro, antigo cinema e antigas instalações do Liceu de Leiria e uma das salas de aula cá ficam mais algumas imagens!

DSC_3393

Posso dizer que o Teatro hoje está, obviamente, diferente apesar de ser espantoso de como se manteve fiel ao projeto inicial.

DSC_3394DSC_3395DSC_3396

Leia o resto deste artigo »

(Re)Conhecer #Leiria– c/fotografias (Parte 1/2)

Publicado em Atualizado em

Foi na semana passada que visitei o MIMO que tinha já mudado de instalações pelo ano passado. O que lá fui fazer foi ver a exposição da obra que a minha tia passou da mão, para o computador, de uma figura conhecida no que toca às Memórias de Leiria e é isso que vos venho mostrar, com algumas das fotografias.

DSC_3440

Leia o resto deste artigo »

A Compra da Complete Collection of Harry Potter – Da Alegria… à Tristeza!

Publicado em Atualizado em

Pode parecer errada a interpretação do título que dei, mas foi mesmo para chamar a atenção (OK OK EU ADMITO Smiley mostrando a língua).

Bem, o que aconteceu foi que, eu, todo contente por ir à Fnac comprar a coleção completa daqueles que foram os derradeiros filmes que marcaram a minha geração e me acompanharam ao longo da minha infância, quando me deparei com algo insólito dentro da caixa… vejam se percebam o que é:

2013-02-25 16.59.522013-02-25 17.00.122013-02-25 17.00.412013-02-25 17.01.562013-02-25 17.03.34

É exatamente na 3ª imagem que podem ver: dentro da caixa, supostamente viria os anos 1-2, 3-4, 5-6, e o 7 (Parte 1 e Parte 2). O que acontece que, em vez de contar com 3-4, tenho um outro 1-2, ficando, como tal, com mais dois filmes, iguais. Já viram? Pergunto-me como poderá ter ocorrido este erro para algo que, tenho que admitir, é bastante caro. Eu, sorte das sores não paguei nada, e porquê? Aniversário 15 anos Fnac – DESCONTO DE 10€ – APROVEITEIM – e ainda cartões de aniversários e de natal. Nisto tudo ainda fiquei com dinheiro num dos cartões! FANTÁSTICO!

Contudo, eu que ia todo YEHYEHHH!, foi algo como UUUUUU!

Bem… resultado: ter que ir reclamar, e pedir que mandei para Leiria uma outra caixa!