rir

A Fuga das Galinhas: O Jogo da Apanhada

Publicado em

Tive uma aventura engraçada agora de manhã…

1497490_776818965667574_674303975_nEstava eu a ir para casa quando vi, fora da capoeira, uma galinha. Tudo bem que é normal sair uma ou duas de vez em quando, para manter o divertimento. Mas, qual foi o meu espanto, quando de uma passaram a duas. Lá fui eu, segui-las com os olhos quando me deparei com uma autêntica reunião de condomínio. Depois começou a aventura de as pôr dentro da “casa” delas. Três foram fáceis. Lá com a ajuda da camisa as enxotei…agora as outras duas… Elas andavam à volta do poço e uma ia para um lado e outra para o outro, parecia um autêntico jogo da apanhada. Decidi começar com a preta que correu que nem uma avestruz. Eu corri atrás dela até que ela berrou. Eu berrei. Ela voou. E voltamos ao início da brincadeira. Ao fim de algum tempo e com a ajudar de uma cana consegui que fossem para onde elas pertenciam.

Enfim… estas galinhas andam doidas…

(foto tirada o ano passado)

Diário de um #Universitário (14 a 16 de Outubro de 2014) – E outros pontos…

Publicado em

Terça-feira, 14 de Outubro de 2014

Terça-feira… aquele dia quem teríamos manhã livre se ela não tivesse sido mudada por a professor não poder às quartas de manhã. A aula, surpreendentemente, passou-se lindamente em que estivemos a analisar a cartão aberta ao Caloiro que, se ainda não leste, acho que o deves fazer AQUI.

As aulas da parte da tarde passaram-se bastante bem, sendo que as selfies dominaram o intervalo da aula de Introdução à Economia em que aproveitamos para provocar os do nosso curso do 2º ano. Claro que eles, influenciados por esta nova geração, não resistiram em fazer o mesmo connosco.

Neste dia havia praxe, uma super engraçada que envolvia espuma de barbear, mas, infelizmente, o meu peito asmático não me deixou comparecer… acreditem que eu queria, mas este tempo dá cabo de mim, e saber que para a semana o calor volta, dá-me vontade de atirar da ponte. Sendo assim, não fui, aproveitando a ocasião para ir comprar os bilhetes para aquela viagem que vos falei ^^ (não vou sair do país, estejam descasados :p)

Quarta-feira, 15 de Outubro de 2014

Às quartas é quando agora começamos a entrar às 14h e bem que nós gostamos (já agora, a frase marcadora, que passou das praxes para as nossas vidas é:  “Ai eu gosto tanto”).

A aula, única, passou com a sua naturalidade se bem que, a surpresa estava para vir depois com a RGB!, ou seja: praxe. Não sabíamos o que se ia passar… Todos os cursos da escola ficaram em fila indiana, até que fomos entrando para o auditório em que estava tudo escuro, sendo que a única luz era das velas, na periferia e na mesa no palco, onde estavam os membros do mais alto nível da praxe académica, incluindo a Real D. Dinis.  Não nos sentámos, não! Ficámos antes de joelhos e de olhos no chão a ouvir as praxes coletivas que os cursos tinham para serem apresentadas. Foi engraçado, sim, mas foi bastante cansativo estarmos ao escuro mas, ao fim de uma hora, que também estivemos sentados no chão de madeira, nos sentámos para falarem connosco sobre o traje e tudo o mais. No fim, uma apresentação da tuna da escola que levou a plateia praticamente ao rubro.

Depois disto foi tempo de chegar a casa. Com uma chuva e névoa intensa lá fora, depois de fazer alguns exercícios de MACS, li o que a minha namorada escreveu aqui no blog. Sim! Ela agora escreverá para aqui, tendo já dado as boas vindas bem como um “Olá”. O post em questão é o do famoso jogo do carro amarelo. Eu adorei o que ela lá escreveu, tirando a parte em que quase parece que eu ando a dar cabo dela (isto não parece lá muito bem, mas vocês percebem o que eu quero dizer :p ). Eu sou muito carinhoso com ela e garanto que (um dia) ela vos contará (espero que breve). Jogar o Jogo do Carro Amarelo com rapazes tem sempre daquelas coisas… nós rapazes gostamos de provocar o sexto oposto! É certo e sabido… por isso…a… amor, já sabes que eu só quero o teu bem ❤ !

Quinta-feira, 16 de Outubro de 2014

Estou bastante animado para vos dizer que amanhã irei participar numa ação de voluntariado no dia contra a pobreza. Será realizado em todos os distritos do nosso país. Vamos fazer como que de estátuas vivas com setas a apontar em várias direções, com a mensagem de que a pobreza está um pouco por todo o lado. Vamos também distribuir papéis para sensibilizar as pessoas para esta realidade social. Se quiserem aparecer, será por Leiria, nomeadamente no centro, das 14H às 15H! Será feito um vídeo depois com a junção de todos os distritos. Depois mostro 🙂

A Banda Sonora do Estudante

Publicado em Atualizado em

Eu quando escrevi banda sonora era só para chamar a vossa atenção porque, na verdade, é apenas uma música. Mas, meus amigos, é uma música que vale por todos, acreditem!

Ela traduz exatamente tudo aquilo que nós, estudantes, sentimos em altura de testes/exames. Deixo-vos com ela e a letra:

 

Letra:

I do not own this video, Give credits to the one who posted in 9GAG!!

Lyrics:
The clock ticks by too fast this time
Not a moment to be lost
A sack of books around me
And it looks like it’s the day
Finals are coming and we all must try our best
But I’ve given up I’ll just swing that test

No fun today, no fun at all
no more talking on the telephone
read this, write that and learn it all
Can’t learn it all
Fuck it all, fuck it all
Can’t study this anymore
Fuck it all, fuck it all
All my classes are a bore
I don’t care If I fail this test
Let my mom rage on…
My grades never bothered me anyway

Fuck it all fuck it all
Don’t give a shit anymore
Fuck it all fuck it all
Flip that table screw you all
I don’t take this bullshit anymore
I don’t give a fuck!
My grades never bothered me anyway

♫ Vocals, SFX and Mix: DrunkenSchokomuffin

 

E se as raparigas nos bailes fossem rapazes?

Publicado em

Eu só de pensar na ideia fico de olhos em bico, mas tentem lá imaginar tudo aquilo que acontece num típico baile de final de curso que se vê nas séries americanas. Estão a imaginar, não estão? É basicamente tudo o que não temos cá em Portugal… Mas bem, imaginem agora que os papeis de rapaz e rapariga eram invertidos…

Eu estava no Youtube e foi daqueles momentos em que não faço ideia como descobri o vídeo, mas partilho convosco esta suposta “inversão” de papéis 😀

Dá para rir…

Olá Férias!

Publicado em Atualizado em

Férias? Que palavra tão estranha… Estranha não no sentido em que não a conheça, mas no sentido em que já não me lembrava que ela existia.

férias1

E isto tudo vem em que sentido? Pois bem, os exames acabaram – envoltos em muita confusão barra polémica (claro que falo dos exames de português e matemática) – , e é tempo agora de descansar. De tentar relaxar nesta semana…

Ai… eu devo estar mas é a sonhar, não é?

Vai ser já na próxima semana que sabemos os resultados destes brilhantes exames e se conseguimos alcançar aquilo que queríamos… Eu só quis com este post deixar este meu desabafo. Este que é meu e de todos os milhares de estudantes do nosso país.

Vamos mas é aproveitar estes dias para o relax! Olhem, cá eu já estive a ler, ver séries,  jogar PS e dar uns belos de uns mergulhos enquanto espero que esta malta se decida em ir ver os Transformers 4 ao cinema.

 

Os Obrigados da Semana (16 a 18 de Junho)

Publicado em

Twitter

 

Obrigado à claridade. Todos os dias eu gostava de dormir mais um bocado, mas mais parece que estou a chegar ao céu com tamanha luz.

 

Obrigado persianas e cortinado por ajudarem à festa e em me fazer perguntar realmente para que raio servem!!!!

 

Obrigado mãe, por eu querer dormir mais e abrires a porta, abrires a janela, abrires móveis, fechares móveis… Obrigado pelo arraial

 

O Meu Festival de Verão: IAVE /GAVE – Exames Nacionais 2014

Publicado em

Eu estou a tentar perceber porque raio as pessoas estão preocupadas em qual festival de verão ir. Ou melhor, qual terá o melhor cartaz? Será o NOS Alive, Meo Sudoeste, Avante, Meo Marés Vivas, Superbock Super Rock? Pois bem, eu acho que então vocês ainda não conhecem o IAVE/GAVE. É só, tipo, o melhor festival de todos os tempos.

Não é para qualquer um, é apenas para os fortes e que conseguem ir. Depois, quando lá se chega não é só ficar a… olhar para o lado. Não. Não pensem que é fácil. Eu vou mostrar-vos mas é o cartaz para este ano:

Capturar

 

Eu só naquela, vou no dia 18 e depois no dia que, sem dúvida, é o melhor. De que dia falo? Dia 26 ora essa!

No dia 18 será fantástico porque temos que chegar lá e saber as” letras das músicas” dos artistas de dois anos!!! Já viram? Quer dizer, se saber o que se passou num ano inteiro já é o que é, imaginem lá saber de dois?

No dia 26… diz 26 é aquela coisa… opá, como vos hei de explicar: olhem para a citação que a “Rapariga do 12º Ano”  deu no ano passado. Tão a ver agora não é? Pois bem, o dia 26 é de uma emoção tão mas tão grande que, tudo o que vamos querer é morrer.

E vocês? Qual o vosso dia favorito? Têm é que ir a correr para as inscrições, vá! E olhem que, se para alguns é oferta a ida a este festival (da desgraça), para outros fica bem caro…

 

As 5 coisas (Que na Verdade são 6) que “aprendi” nesta semana

Publicado em Atualizado em

“É sexta-feira, yeh”… choveu a semana inteira.

Chuva, pois é! Quase que me esquecia dela. Não, estou claramente a mentir porque, se houve coisa de que não descansamos desde o final e início do novo ano foi a minha amiga chuva! (Sim, eu apesar de me estar a queixar gosto bastante dela).

Houve algumas coisas que, como tal, aprendi no decorrer desta semana:

1º – Se ao olharem pela janela e pensarem: “bem, hoje vou a pé para as aulas” é melhor repensarem duas vezes. Isto porque não vá, sei lá eu, um tornado aparecer no meio do nada e estragar-vos os planos.

2º – Se optaram por seguir o pensamento do ponto 1 então são tal e qual como eu. E, se para ajudar, seguir os conselhos dos vossos pais como o de levar um casaco ou luvas é algo que não vos assiste ainda mais se adequam aqui. Isto porquê? Bem, existe uma primeira vez para tudo (não propriamente quase tudo!) e, se existe coisa, que penso que vão concordar comigo, é que o vento faz uma catastrófica aliança com a chuva que só serve para fazermos figuras em plena rua pública. Então não é que na terça-feira eu e o chapéu-de-chuva nos envolvemos numa discussão acesa e ele se virou contra mim? (LITERALMENTE – Vocês sabem o que eu quero dizer).

chuva

3º – Se vocês são adeptos de corrida devem ter conhecimento do evento que se realiza todas as quartas-feiras em Leiria em que ou se caminha ou se corre pela cidade. Pois bem, eu, grande adepto que sou, fui com o meu pai onde me ia encontrar com um amigo que me iria acompanhar na corrida enquanto meu pai ia na corrida intermédia. Pois bem, correu tudo muitíssimo bem e, quando acabou o que aconteceu? Aposto que vos passou já pela cabeça. Começou a chover! A.CHOVER.OUTRA.VEZ. E, claro que não seria grande problema para quem foi de carro – mas, obviamente, que perderia a sua piada se vos dissesse que tinha ido de carro. Claramente que fomos a pé e, quando cheguei já a casa, a única coisa que quis foi ir comer, beber água (é algo muito bom, vocês deviam experimentar – eu só bebo água, tipo… entre 5 a 6 vezes por ano) e deitar-me na cama depois de 11 Km. Eu juro-vos que no meu momento de paragem pela cozinha era capaz de lá dormir. Mas deitei-me e fui dar descanso ao meu corpo exausto abraçando a cama que gritava, chamando por mim que estava (e estou) com bastantes dores no pé (nem sei, muito sinceramente, como tenho conseguido adormecer).

corrida

3.1) Algumas pessoas têm que usar mais a cabeça e pensar que ligar para um sítio onde eu estou, e onde está música aos altos berros a ecoar das colunas vindo do aquecimento que antecede a corrida, é, de facto, uma má ideia. Uma ideia muito mas muito má.

3.2) A chuva é ótima para limpar as sapatilhas sujas pela lama. (Lama? Ahhh)

3.2.1) Se pensam que são o homem-aranha e conseguem fazer grandes saltos por cima da lama é porque são muito confiantes de vocês próprios… mas depois acabam por vos acontecer o mesmo que a mim: dar umas contas “patinadelas” na lama tal e qual como se estivéssemos numa pista de gelo. É uma ideia muito muito má, tenho dito. (Se bem que eu “patinei” bastante bem pelo meu salto bem sucedido. Outros tiveram menos sorte).

4º) Por favor, não pensem que somos doidos por ir beber vodka pura às duas e um quarto da tarde. Digo-vos que até nos aqueceu mais para o estudo da matemática (é a sério). Também com o hambúrguer do Burger King que comemos a vodka em nós não teria lá muito efeito.

almoço

5º) Não penses que sou muito doido… estou cansado haha foi uma longa semana e segunda-feira o teste de matemática vem para nos dizer um olá, e deixar-nos com o coração apertado pelos 110 minutos.

5.1) Lembrar-me que amanhã tenho que acordar cedo para ir estudar!

5.1.1) Se estiver ainda sonolento lembrar-me que o sofá poderá ser uma alternativa simpática.

5.1.2) Primeiro o prazer e depois o dever… Esperem lá, isto não é bem assim! Ah já sei como é: Primeiro o dever e depois o prazer…

(Hum… interessante)

6º) Riscar o ponto 5 na íntegra!

math

#WTF : #Damn #AutoCorrect #41

Publicado em Atualizado em

Saudades de se rirem com SMS que não seguiram caminho como queriam? Pois bem. Tenho aqui novas para vocês, dos livros que adquiri recentemente: “Damn You AutoCorrect 1 e o 2.

 2014-01-07 10.40.51

 2014-01-08 12.49.33  2014-01-08 12.49.58

2014-01-08 12.50.21 2014-01-08 12.50.42

2014-01-08 12.50.53 2014-01-08 13.03.48