smartphones

Eu, Ele e os Xperia

Publicado em Atualizado em

Por Andreia Firmino

“Eu tenho três amores! A escrita, tu e a Sony.”

Esta é a frase que serve de mote à elaboração deste post! O Marco Paulo tem dois amores, um loiro e um moreno, mas o Diogo consegue superá-lo e tem três.

Até aqui tudo, minimamente, bem. O problema surge quando há uma notícia, uma foto, um som, um aparelho, seja o que for, relacionado com a Sony (agravado quando é relacionado aos Xperia)…

Eu posso estar a dissertar um poema, a ler uma passagem de um livro de Shakespeare, a dançar com um copo na cabeça ou até a fazer o pino enquanto toco viola, que se ele avista a palavra Xperia em algum lado, esquece que existo. Posso engasgar-me durante a dissertação e a leitura, deixar cair o copo ou partir o pescoço enquanto faço o pino que ele vai-me ignorar. Claro que para além de me ignorar vai começar a babar e a dizer maravilhado “Olha, fizeram testes com o Z3, colocaram-no dentro de uma caixa com coca-cola e barraram-no com nutella e ele continua lindo! E a funcionar! Este telemóvel é mesmo perfeito.” ou então “vão colocar um amplificador no Z4 que vai melhorar imenso a qualidade de som, vai ser como se estivéssemos num concerto ao vivo” ou ainda “o stock do Z2 está a baixar imenso já só há 37 pretos e 16 brancos”. Isto porque ele é (ou na verdade, era) apaixonado pelo Xperia Z3, mas começaram a sair notícias sobre o Xperia Z4 e ele rapidamente se apaixonou por ele, mas como este ainda demora algum tempo até ser lançado achou por bem tentar adquirir o Xperia Z2. Portanto, eu não sou trocada por um Xperia, nem por dois, mas sim por TRÊS!!

Depois existem os momentos em que nada relacionado com os Xperia nos aparece à frente, NADA, mas ele lembra-se de alguma coisa e lá fica ele, novamente maravilhado, a falar do processador xpto, da excelente capacidade de resolução da câmara, da duração da bateria e do design bonito e inovador dos ditos telemóveis. E nos entretantos lembra-se da dupla fantástica que o seu (futuro) Xperia fará com a sua lente sony QX10 (e lamento se errei no nome), das fotos maravilhosas que poderá tirar e dos momentos fantásticos que poderá captar e guardar, ou então com o smart watch que ele adorava ter.

Com isto, quero dizer (e afirmar publicamente) que 75% das nossas conversas são monólogos do Diogo sobre os Xperia (e mais mil coisas da Sony) enquanto me ignora. (vá, não levem isto muito a sério, eu às vezes também falo pelos cotovelos, e ele é um ótimo namorado)

A novidade do dia de ontem foi o seguinte vídeo:

Enquanto espumava da boca lá disse “olha, estes somos nós” e eu admito, prevejo o meu futuro assim. Eu agarrada à televisão a ver séries e filmes e ele agarrado ao telemóvel e/ou playstation, apesar de ele ter afirmado, enquanto espumava da boca a ver o vídeo, que “eu podia ficar contigo a ver o filme”.

Enfim… Um dia hei-de perceber tanto de Xperia como percebo de unhas e vernizes!

(Acabei de escrever isto e ele veio-me com uma nova atualização sobre o stock do Z2)

#WTF : #Damn #AutoCorrect #41

Publicado em Atualizado em

Saudades de se rirem com SMS que não seguiram caminho como queriam? Pois bem. Tenho aqui novas para vocês, dos livros que adquiri recentemente: “Damn You AutoCorrect 1 e o 2.

 2014-01-07 10.40.51

 2014-01-08 12.49.33  2014-01-08 12.49.58

2014-01-08 12.50.21 2014-01-08 12.50.42

2014-01-08 12.50.53 2014-01-08 13.03.48

#Apps Que Não Podem Faltar no Vosso #SmartPhone – Especial Android–Parte 2–Segruança

Publicado em

Se não viram a Parte 1, cá têm:  Escolher o Telefone e Tablet

Bem, o sistema Android tem várias falhas de segurança e são muitos os casos em que aplicações maliciosas tiram partido dessa fragilidade.

Sendo assim, algo tem que mudar no teu comportamento:

– Cuidado com o que instalas – A Google Play está cheia de lixo. E, como isto, existem milhares de apps que não interessam a ninguém e que estão mal desenhadas. Ou seja, consomem muitos recursos e podem até, lá está, comprometer a segurança do telefone. O ideal será começar por escolher as apps que são recomendadas pela Google (Escola dos Editores) e, outra sugestão passa por ler sempre os comentários de outros utilizadores antes de instalar a aplicação no seu smartphone.

Em Comunicação de Rede é comum estar Acesso Total À Rede, o que quer dizer que se os dados estiverem ativos a aplicação pode comunicar sem problemas. Toca sempre em Ver Tudo para conseguires ver as permissões da aplicação. O acesso a todas as contas que estão no dispositivo é comum em apps que partilhem em redes sociais. No entanto, o acesso total à rede ou às contas não faz sentido em apps que não precisam de sincronização.

Passwords no Browser? Não, Obrigado!

O navegador que usa no dispositivo guarda informações localmente. Como tal, se alguém lhe roubar o telefone ou tablet pode ter acesso a todas essas informações. Sendo assim, sempre que o Browser lhe pedir para guardar palavra-passe, diga não!

Com isto, é também importante não manter as suas informações pessoais no dispositivo.

Hotspots Abertos? Bom, mas…

Tenha muito cuidado com todos os acessos sem fios à Internet que são gratuitos. A maioria não é encriptada. Quer isto dizer que, qualquer um com um software espião instalado na rede por entrar no seu smartphone e recolher dados.

Bluetooth Sempre Ligado? Claro que Não!

Só ligas quando precisares. São conhecidas várias aplicações maliciosas que usam este tecnologia para, sem o teu conhecimento, enviar informações para outros dispositivos. Como é óbvio, não aceite ficheiros enviados por Bluetooth de quem não conhece.

DICAS:

Fica de olho nos dados:

Traffic Monitor Plus é uma app muito bem desenhada que mostra o volume de dados que está a ser consumido no telefone a todo o momento e quais as apps que o fazem. Podes parar as aplicações na app.

Where´s My Droid é útil pelo facto de poder encontrar o seu telefone pela localização GPS. Também é possível fazê-lo vibrar (caso não saiba dele em casa, por exemplo), e também até bloqueá-lo à distância.

Tudo Atualizado – É sempre importante manter o sistema atualizado e todas as apps também. No sistema, vai a Definições – Acerca de – Atualizações de Software. As apps basta ir à loja e Às Minhas Aplicações e ver o que é preciso atualizar.

O Que Mudar Já No Seu Dispositivo! (Parte 2) – Muito em breve Smiley de boca aberta

#Apps Que Não Podem Faltar no Vosso #SmartPhone – Especial Android–Parte 1

Publicado em

Se coisa que vos prometi na edição anterior, então cá fica o especial Android para vos ajudar a perceber mais sobre o vosso dispositivo.

Tudo aqui o que irei escrever é uma adaptação daquilo que vem na revista Exame Informática, do mês presente (Agosto).

Comecemos por ESCOLHER O TELEFONE E TABLET

A escolha de um dispostivo Android não deve limitar-se ao design do dispositivo. Sabemos que é por aí que tudo começa, mas quando estamos perante um sistema operativo aberto, há que pensar em ouras variáveis.

O FABRICANTE É MUITO IMPORTANTE

A Google (obviamente) e a Asus são das fabricantes que mais rapidamente disponibilizam as atualizações para este sistema operativo, sendo que Samasung, Sony e HTC são mais lentas, principalmente para os telefones que não são topo de gama. Ou seja, os modelos mais antigos é mais provável nunca ver um novo update de sistema chegar até eles. Obviamente que também se escolherem um telefone de operador o cenário é muito pior pelas diversas limitações e testes que se fazem antes de as atualizações chegarem aos vossos smartphones. Sendo assim, um aparelho Nexus (marca dos smartphones da Google) que trazem o Android no seu estado mais puro (isto é, sem as personalizações das fabricantes) terão acesso a atualizações muito rapidamente.

Obviamente que se tem que também perceber que lançar atualizações nunca é fácil pelos testes que se fazem para garantis estabilidade do dispositivo que têm em mãos. Algo que é sempre também dificultado pelo próprio sistema operativo – Android – em que a fragmentação faz com que existam diversas versões do sistema operativo, diferindo como tal as características.

ATENÇÃO NA COMPRA

Algo como a resolução do ecrã, velocidade do processador, o armazenamento são vistais na escolha, principalmente porque o sistema Android tende em ficar mais lento à medida que o tempo vai passando, por isso, tente adquirir um dispositivo com estas características:

Leia o resto deste artigo »